5.

Fonte: FC Porto

Diogo Costa, seguro e confiante – É caso para dizer que o guarda-redes de 20 anos começou com a mão direita. A estreia a titular pelo FC Porto, clube onde está desde 2009/2010, correu da melhor maneira, sem sofrer qualquer golo. Ainda é novo e ainda tem muitos jogos para fazer, mas a verdade é que o jovem guarda-redes já mostrou ter as qualidades fulcrais: segurança, discernimento e capacidade em descobrir jogadores lá na frente. Não comprometeu em nenhum momento e respondeu positivamente aos poucos lances que teve pela frente. É certo que o jogo diante dos açorianos não lhe deu muito trabalho, mas também é certo que foi uma boa forma de começar. Tem 20 anos, mas pode dizer-se que a baliza dos Dragões, no futuro, está bem entregue.

Comentários