A notícia em Portugal é fresca, mas o jornal catalão avançou na sexta-feira, em primeira mão, com o rumor de que Marc Cucurella, que está atualmente emprestado ao Getafe CF, pode servir como moeda de troca numa possível transferência de Alex Telles para o FC Barcelona. O meio de comunicação social espanhol sabe que o FC Porto perguntou por “Cucu”, mas os dragões terão que se mentalizar que não é, de todo, um alvo fácil.

Cucurella é um dos jogadores revelação da La Liga nesta temporada. No SD Eibar, na passada temporada, tinha convencido muitos de que teria um futuro bastante promissor. Na época atual, está a viver um grande momento nos Azulones, uma vez que o Getafe CF se encontra na quarta posição na Primeira Liga Espanhola e conseguiu eliminar o Ajax FC na Liga Europa, rumando aos oitavos de final da prova.

A excelente prestação do defesa esquerdo nos últimos dois anos começa a chamar a atenção dos grandes europeus. E é aí que as coisas se complicam para o lado do FC Porto. Ao que parece, o Chelsea FC é um dos clubes interessados na sua contratação, assim como o SC Nápoles. Para além disso, o presidente do Getafe CF, Ángel Torres, já afirmou que tinha toda a vontade de exercer a opção de compra estabelecida pelo FC Barcelona, de apenas seis milhões de euros. O Barça ficaria com 40% dos direitos económicos de uma futura venda do jogador.

Esta pode ter sido a última época de Alex Telles ao serviço dos dragões
Fonte: Diogo Cardoso / Bola na Rede

Para o negócio se concretizar, há apenas uma hipótese em cima da mesa – Alex Telles terá que sair por um preço abaixo do seu valor de mercado. Uma vez que o brasileiro não quer renovar contrato, o FC Barcelona terá de fazer um trabalho cirúrgico no caso de Cucurella e perceber o que trará mais rendimento financeiro e desportivo para o clube.

Anúncio Publicitário

O defesa-esquerdo espanhol duplicou o seu valor de mercado desde o início da presente temporada. Segundo o Transfermarkt, em julho de 2019 estava avaliado em dez milhões de euros, pelo que no momento o valor disparou para os 20 milhões na moeda europeia.

Neste momento, ao serviço do Getafe CF, leva um golo e cinco assistências em 34 jogos. Só este ano é que enveredou definitivamente pela posição de defesa-esquerdo, visto que durante a formação e também, por vezes, no SD Eibar jogava em terrenos mais avançados. Daí ser conhecido como um defesa que gostava de investir no ataque, tal como o portista Alex Telles.

Ironia do destino ou não, Cucurella já defrontou o FC Porto em julho de 2019, na final da Copa Ibérica 2019, uma competição de pré-época criada pela Liga Portugal e a La Liga. A probabilidade de concretização da transferência do espanhol para o clube da cidade Invicta só subirá caso, simultaneamente, Alex Telles se aproxime do clube catalão.

Artigo anteriorAs 10 páginas de ouro do século XXI além-fronteiras
Próximo artigoA ascensão do Brentford FC
Desde criança a colecionar cromos e recortes de jornais de vários jogadores até às longas carreiras nos videojogos no seu clube do coração, foram muitas as alegrias que o desporto rei lhe proporcionou. Assume ficar fulo quando não consegue acompanhar um jogo da equipa da cidade Invicta, mas no que toca a tudo o que acontece à volta do seu clube sente a obrigação de estar sempre atualizado. Estuda Ciências da Comunicação e é através da escrita que se prefere expressar.                                                                                                                                                 O Tiago escreve ao abrigo do novo Acordo Ortográfico.