Fonte: FC Porto
Fonte: FC Porto

Por último, e não menos importante, surge a sempre delicada questão emocional e a conexão do jogador com os adeptos. Após uma panóplia de declarações em contrário, o camaronês proferiu, há dias, as primeiras afirmações que sustentam a vontade que terá de permanecer no clube. Como diria o Dr. Pimenta Machado, no futebol o que hoje é verdade amanhã é mentira. A relação com a massa adepta estará, portanto, por um fio e dependente das exibições do jogador. Resta perceber se este terá o estofo necessário para aguentar tal pressão e tamanha cobrança. Tem a palavra Vincent Aboubakar.

Concluir dizendo que acredito muito nas qualidades deste avançado e que considero importante que exista um esforço de todas as pessoas envolvidas no clube (sendo certo que a colaboração do próprio jogador será vital para o sucesso da operação) para que este possa permanecer no plantel e envergar, eventualmente, o dorsal nº 9 do FC Porto. Será, para muitos, quase um sacrilégio afirmar que este jogador é bastante superior a André Silva e que tem potencial para atingir o nível de outros grandes avançados da história recente do clube mas, e como este ainda é um espaço de opinião, não quero deixar de afirmar esta posição.

Foto de Capa: FC Porto

Artigo revisto por: Pedro Couto