Anterior1 de 6Próximo

Sim, é possível. Numa época recheada de muitas e boas surpresas, em que o mais prevaleceu sobre o menos, cabe-nos também uma reflexão daquilo que não correu tão bem. A começar pelos jogadores. Não se trata propriamente de “flops”, nem tão pouco de desilusões, mas sim de expetativas criadas que não chegaram a ser alcançadas. A saber, falo de Osório, Hernâni, Paulinho, Waris e, claro, Óliver.

Anterior1 de 6Próximo

Comentários