Anterior1 de 4Próximo

CD Feirense e Vitória SC subiram ao relvado do Marcolino Castro para disputar a 19.ª jornada do campeonato. O Vitória saiu por cima e subiu à quinta posição da tabela classificativa.

Os homens da casa vinham de uma série de quatro jogos sem perder no campeonato, enquanto os homens da cidade-berço vinham de uma derrota caseira contra o SL Benfica. Assim, Nuno Manta Santos promoveu três alterações, fazendo alinhar André Moreira, Marco Soares e Sturgeon nos lugares de Alampasu, Tiago Silva e Crivellaro. Do outro lado, Luís Castro fez duas mudanças, entrando no onze Ola John e Frederico Venâncio para as saídas de Osório e Davidson.

O Vitória entrou mais pressionante e foi logo no quarto minuto que os homens de Luís Castro abriram o marcador. Rafa Soares assistiu Tozé, que, frente a André Moreira, não perdoou. Os conquistadores adiantavam-se cedo na partida.

A formação vimaranense não “tirava o pé do pedal” e continuava junto da baliza fogaceira, sendo levada pelo seu público, que compareceu em quantidade no Marcolino Castro e se fez ouvir. A fechar o primeiro terço da primeira parte, podiam ter ampliado a vantagem no marcador. Sacko serviu Guedes, que atirou forte, mas pouco colocado, possibilitando assim a defesa de André Moreira.

O Feirense tentava responder, e até chegou a colocar a bola dentro da baliza vitoriana, mas Nuno Almeida assinalou uma infração por mão na bola de Stivan e anulou o golo.

Perante uma hesitação de Pedro Henrique, o Feirense quase empatou a partida. Depois de uma bola longa lançada por Marco Soares, Vitor Bruno atirou para uma defesa atenta de Douglas.

Antes do intervalo, o banco da casa ainda pediu grande penalidade por alegada mão de Sacko dentro da área. Nuno Almeida, juntamente com o VAR, não acedeu ao pedido e a temperatura subiu no Marcolino Castro.

O Feirense haveria de chegar ao empate ao minuto 45. Sturgeon bateu a bola parada e Philipe Sampaio saltou mais alto que os restantes para fazer a igualdade.

O Vitória respondeu ainda antes do intervalo, novamente por Tozé. Depois de um cruzamento atrasado de Rafa Soares, Tozé rematou para “onde a coruja dorme”. Um grande remate do internacional português que não deu hipótese ao guarda-redes do Feirense.

Apesar do dia e horário do jogo, os adeptos do Vitória SC deslocaram-se em peso ao Marcolino Castro e fizeram-se ouvir no apoio à sua equipa
Fonte: Bola na Rede

O resultado fixou-se em duas bolas a uma e o Vitória chegou ao intervalo a vencer o Feirense, numa primeira parte cuja primeira meia hora foi de domínio vimaranense, com uma resposta cabal dos fogaceiros no último terço do primeiro tempo.

As equipas voltaram dos balneários e os primeiros a criar perigo foram os homens da cidade-berço. Rafa Soares cruzou, a bola atravessou a área e por muito pouco Joseph não encostou para o terceiro.

O Feirense respondeu, e valeu o corte de Wakaso a evitar o golo. Valencia cruzou, a bola passou inclusive por Douglas e o médio atirou para canto. O mesmo Wakaso que viria a cabecear, minutos depois, para dentro da baliza adversária, mas o golo viria a ser anulado. Venâncio carregou um jogador do Feirense, antes de assistir Wakaso.

Ao minuto 68, foi a vez do Feirense criar sobressalto na equipa visitante. João Tavares rematou forte para uma atenta intervenção de Douglas e, na recarga, Sturgeon atirou à malha lateral da baliza vitoriana.

Num jogo de parada e resposta até aí, André Moreira brilhou aos 78 minutos, quando impediu o terceiro golo dos homens de Luís Castro. Depois de Joseph ter desmarcado Guedes, este assistiu para Davidson, que atirou colocado, mas o guarda-rede português respondeu com uma grande intervenção.

Com o cansaço físico a ser evidente, o Vitória voltou a dominar a partida e geriu a vantagem alcançada no primeiro tempo, apesar de o Feirense se ter apresentado aguerrido e lutador na procura pelo ponto.

O resultado não se alterou e o Vitória saiu do Marcolino Castro com os três pontos.

Os fogaceiros, com este resultado, mantêm o 17.º e penúltimo posto, enquanto a formação vimaranense sobe ao quinto lugar da tabela classificativa.

O Feirense desloca-se ao Bessa na próxima jornada para defrontar o Boavista FC. Já o Vitória SC, recebe o FC Porto em Guimarães.

ONZES E SUBSTITUIÇÕES

CD Feirense: André Moreira, Diga, Tiago Gomes (João Tavares, 64’), Briseño, Stivan, Valencia, Marco Soares (Crivellaro, 64’), Aly Ghazal, Sturgeon, Vitor Bruno, Philipe Sampaio (Nascimento, 74’).

Vitória SC: Douglas, Pedro Henrique, Rafa Soares, Guedes, A.André (Pêpê, 47′), Sacko, Tozé, Wakaso, Ola John (Davidson, 63’), Joseph (M.Oliveira, 86’), Frederico Venâncio.

Anterior1 de 4Próximo

Comentários