Mais um dia de espetáculo de futebol no estádio de S. Miguel. Apesar do tempo meteorológico não ter sido o mais propício a uma boa partida, juntaram-se cerca de mil adeptos apaixonados que vieram apoiar a sua equipa. O CD Santa Cara vinha dum jogo fora em que arrecadara um ponto frente ao Belenense SAD, enquanto o Moreirense FC na sua última partida vencera o Braga.

A primeira parte ficou marcada com um golo madrugador da equipa do Moreirense que, através dum passe de Arsénio, faz com que Pedro Nunes coloque a bola no fundo das redes de Marco Pereira. A equipa da casa ainda tenta reagir logo após o golo através de Bruno Lamas, no entanto sem efeito.

O Moreirense ao longo desta primeira parte, continua a alertar os vermelhos e brancos da sua vontade de conquistar os 3 pontos e manter a sua ronda de vitórias, por aproveitar as falhas da defesa da equipa contrária. Essa falha defensiva poderia ter dado origem ao 2º golo da partida, no entanto o guardião das redes não deixou que isso acontecesse.

Numa situação de ataque, Francisco Ramos faz entrada dura no guarda redes do Moreirense acabando por acumular o quinto cartão amarelo ficando, assim, de fora no próximo jogo frente ao FC Porto.

Anúncio Publicitário

Pouco tempo depois, aos 28 minutos, Trigueira defende um lance do Santa Clara no entanto, este não consegue afastar a bola o suficiente o que fez com que Guilherme tentasse chegar à bola através dum carrinho. Trigueira, como forma de se defender, coloca os pés em frente batendo, assim, com estes no pescoço de Guilherme deixando-o no chão e vendo um cartão vermelho seguido da sua expulsão.

Já para além do tempo regulamentar, João Lucas tenta igualar o marcador fazendo a bola passar muito perto da baliza e deixando os adeptos com o coração nas mãos. Essa sensação manteve-se até ao último minuto e acalmou através dum passe de Patrick para Guilherme que fez o primeiro golo da equipa da casa igualando o marcador antes o intervalo e deixando os adeptos em êxtase.

Apesar das várias tentativas de alcançar a superioridade no marcador, as equipas apenas conseguiram arrecadar um ponto
Fonte: Bola na Rede

Os primeiros minutos da segunda parte começando com ambas equipas a tentar arriscar em arrecadar o segundo golo, no entanto não passou de tentativa. Depois desse momento de tensão, por breves instantes, o jogo centrou-se a meio campo dando um pouco mais de calma aos jogadores.

Fica na retina um passe combinado entre Zé Manuel que fez passar a bola pelas costas para Pablo fazendo este a passar para Santana que estava e posição de golo. Apesar deste momento brilhante de futebol, a sorte não estava do lado de Santana que rematou ao lado da baliza de Macedo.

A partir daí, a equipa da casa continuou a tentar a sua sorte junto à baliza do Moreirense que se viu obrigado a defender mais. O Moreirense viu-se obrigado a baixar as suas linhas de forma a evitar sofrer mais golos nesta segunda parte.

Apesar das mais variadas tentativas de golo, nenhuma das equipas conseguiu alcançar a superioridade no marcador deixando, assim, um empate agridoce para ambos o técnicos.

ONZES INICIAIS E SUBSTITUIÇÕES:

CD Santa Clara: Marco; J. Lucas; F. Cardoso; César M.; Patrick (66’ Pablo Lima); B. Lamas (63’Lucas Marques); O. Rashid; Francisco Ramos (46’ Thiago Santana); Ukra; Zé Manuel; G. Schettine

Moreirense FC: Trigueira(31’ Macedo); Iago dos Santos; F. Pacheco; Ibrahima; Chiquinho; Halliche; Pedro Nuno (Alan); Heri (71’ Bilel) ; Arsénio; D’ Alberto; Neto