Anterior1 de 4Próximo

Depois da paragem para seleções a quinta jornada juntou o CD Santa Clara e o Moreirense FC na disputa para arrecadar mais 3 pontos na tabela classificativa. João Henriques, técnico da equipa açoriana, fez algumas mudanças no onze inicial deixando qualquer amante do futebol curioso com os onze bravos açorianos escolhidos. Vítor campelos preferiu recorrer ao seu confortável onze, não procedendo a grandes alterações.

O jogo começou com ambas equipas a apresentarem-se organizadas e a não incorrer em muitos riscos. Ainda assim, e pese embora o facto de estar a atuar num esquema-tático completamente novo, com a inclusão de três centrais, procurou ter mais iniciativa de jogo ofensivo. Para isso, em muito contribui a profundidade concedida pelo lado direito, devido às constantes incursões de Patrick (a atuar, pela primeira vez, como ala).

Apesar dos primeiros minutos parecer um jogo mais equilibrado e sem muito perigo, a equipa da casa acabou por conseguir ser mais eficaz através da construção de linha de passe o que ajudou a construir maior posse bola. A todo o custo alcançar a baliza adversária e chegar à superioridade numérica no marcador. Essa superioridade viria a comprovar-se já no tempo complementar através da assistência de Lincoln para Zé Manuel que inaugura o marcador ao fechar esta primeira parte.

Fonte: Bola na Rede

O Santa Clara mostrou-se mais dominante na primeira parte da partida e acabou por manter a superioridade no marcador.

Se, na primeira parte, o Santa Clara foi dominante, a segunda parte foi altura da equipa visitante mostrar que estavam prontos para mudar o marcador. As alterações na equipa do Moreirense fizeram com que esta se tornasse mais dinâmica conseguindo mais ocasiões de perigo.

Aumentando as suas linhas de passe, para tentar chegar o mais próximo da baliza da equipa vermelha e branca e, assim, granjear o golo que permitisse restabelecer a igualdade, a equipa visitante passou a ter mais inciativa ofensiva (e para isso, muito contribuíram as alterações feitas por Vítor Campelos). Todavia, e um pouco contra a toada do jogo, os “Bravos Açorianos” conseguiram adiantar-se no marcador através dum auto golo de Fábio Abreu aos 75 minutos.

A partir desse momento, a equipa do ainda tentou do Moreirense mudar o resultado, mas sem efeito.

ONZES INICIAIS E SUBSTITUIÇÕES:

CD Santa Clara: Marco, J. Lucas (79’ Zaidu), F. Cardoso, João Afonso, César M., Lincoln (69’ Osama Rashid), Nené, Francisco R., Patrick, T. Santana, Zé Manuel (76’ Carlos JR);

Moreirense FC: M. Pasinato, Abdu (62’ D’Alberto), Iago, S. Vitória, J. Aurélio, Bilel A., F. Pacheco (76’ Nenê), Alex Soares, Filipe S., Pedro Nuno (56’ Luther Singh), Fábio Abreu.

Anterior1 de 4Próximo

Comentários