O Estádio de São Miguel acendeu as suas luzes para mais um espetáculo de futebol, neste final de tarde de sexta-feira. Depois do jogo de domingo, frente ao GD Chaves, esperava-se um CD Santa Clara com mais garra.

Na primeira parte, vimos um jogo muito disputado desde o primeiro minuto. Osama Rashid fez as honras e inaugurou o marcador, ao minuto 6, após uma entrada de carrinho que deu origem a um penálti. Não tardou e o Belenenses reagiu, marcando o golo do empate, após uma falha defensiva da equipa da casa num lance de bola parada. Depois disto, o Santa Clara mostrou-se mais ofensivo, causando maior perigo junto da baliza do Belenenses, e até se podia ter colocado em vantagem de novo na partida, mas o nulo permaneceu ao intervalo.

Fonte: Raquel Roque/Bola na Rede

Na segunda parte, viu-se um Belenenses com maior posse de bola e maior caudal ofensivo. Apesar disso, foi uma segunda parte muito repartida. Ao minuto 59, com o auxílio do VAR, é marcado um penálti a favor do Belenenses, cuja conversão deixou a equipa visitante em vantagem no marcador. Apesar da reação do Santa Clara, a equipa orientada por João Henriques acabou por não conseguir materializar alguns lances junto da baliza adversária, jogando mais com o coração do que com a cabeça. Esta reação viria a ser estancada com o terceiro golo do Belenenses, no qual há uma clara falha na defensiva açoriana, que abriu uma autêntica passadeira para Fredy bisar na partida.

O Santa Clara reagiu novamente, com o coração e com algum futebol direto, e, na sequência de um canto, reduziu a desvantagem. Até ao final da partida, a equipa da casa pouco fez para alterar o rumo dos acontecimentos. Para isto, contribuiu também a expulsão de Fábio Cardoso, que deixou os açorianos com menos um na partida, dificultando a procura pelo empate.

Onzes iniciais:

Anúncio Publicitário

CD Santa Clara:

Marco, Mamadu, F. Cardoso, César M., Patrick, B. Lamas, O. Rashid (Kaio 84’), A. Carvalho (Ukra 60’), Zé Manuel, Clemente (Arroyo 66’), Fernando A.

Belenenses:

Muriel, D. Viana, Gonçalo S. , Sasso, Reinildo, André Santos, Nuno Coelho, Lucca, Fredy (Matija 75’), Henrique (Eduardo 68’), Licá