Naquela que foi a 32ª jornada da Segunda Liga, no penúltimo jogo da temporada no Estádio Santos Pinto, o SC Covilhã, sétimo classificado, recebeu vindos de Matosinhos, o Leixões SC.

Quando ainda havia gente a entrar no estádio, Evandro Brandão abriu o marcador logo no primeiro minuto da partida, depois de um lançamento da linha lateral. Estava assim feito o primeiro e era um golpe duro para os serranos.

Anúncio Publicitário

O SC Covilhã respondeu logo após o golo do Leixões SC. Aos 9 minutos, numa jogada de equipa, os serranos fizeram estragos na defesa da equipa visitante. Contudo, o remate final acabou por sair prensado num jogador do Leixões.

Logo após esta jogada, aos 10 minutos, o número 7 dos Leões da Serra, Adriano, rematou com força, mas por cima da baliza de Tony.

Nos primeiros minutos da partida houve muita luta a meio-campo, o que originou várias perdas de bola, parte a parte, e várias faltas.

Aos 14 minutos, o lateral Tiago Moreira rematou à baliza para uma boa defesa de Tony.

Aos 17 minutos, Zé Paulo recebe a bola a meio-campo e foi daí até à baliza de Bruno Miguel, Tiago Moreira conseguiu contudo, cortar a bola.

Apesar de uns primeiros minutos intensos, o jogo foi ficando menos interessante. A animação esteve mais do lado dos adeptos visitantes, ajudados pelo golo, que não se cansaram de cantar e apoiar o Leixões SC.

As paragens foram muitas, bem como as faltas e a primeira parte acabava assim com pouco a acrescentar.

No intervalo houve ainda tempo para premiar os mais jovens da formação do SC Covilhã com os prémios de melhor jogador do mês de abril para um jogador de cada escalão de formação.

A segunda parte trouxe um SC Covilhã com vontade de mexer com o marcador da partida.

Aos 55 minutos Stephane é expulso, com vermelho direto, depois de uma entrada bastante dura sobre Adriano. O vermelho era assim o culminar de um jogo muito duro, com muitas faltas e muitas perdas de tempo.

Fonte: Bola na Rede

Aos 57 minutos livre batido na direita, mas Kukula não chega para colocar a bola do fundo da baliza à guarda de Tony.

Aos 76 minutos o esforço da equipa da casa foi finalmente compensado. Rafael Vieira foi até ao fundo da linha e cruzou para Kukula, que marcou para o empate no estádio Santos Pinto.

Aos 85 minutos os pupilos de Jorge Casquilha ainda remataram à baliza de Bruno Miguel, depois de um cruzamento de Evandro Brandão, André C. rematou por cima.

Os minutos finais mostraram um Covilhã combativo, com vontade de vencer, contudo o marcador não se alteraria mais.

O jogo terminava assim com o empate, o que traduziu bem a falta de inspiração para o golo de ambas as partes e a coesão defensiva da equipa de Matosinhos, numa partida marcada pela dureza física em vários duelos e por algum antijogo por parte da equipa do Leixões SC.

ONZES INICIAIS E SUBSTITUIÇÕES:

SC Covilhã: Bruno Miguel, João Cunha, Henrique Gomes (39’ Rafael Vieira), Semedo (71’ Kisley), Adriano (65’ Diego Medeiros), Gilberto, Tiago Moreira, Kukula, Zarabi, Mica, Bonani.

Leixões SC: Tony, Jorge Silva, Ceitil (90+5’ Anthony), Zé Paulo (65’ Oudrhiri), Erivaldo (84’ André Clóvis), D. Poloni, Luís Silva, Pedro Monteiro, Evandro Brandão, Stephane.