Anterior1 de 4Próximo

Cabeçalho Futebol NacionalEncontro entre rivais e duas das equipas em melhor forma na Segunda Liga, pelo que se esperava uma grande partida de futebol no Estádio Cidade de Coimbra. No onze da Académica houve nova ala esquerda, com Empis e Balogun a ocuparem os lugares dos ausentes Nélson Pedroso e Marinho. Já o Vitória contava com vários jogadores que já fizeram largos minutos na primeira equipa como Kiko ou Oscar Estupinan.

A Académica entrou muito bem, criando vários lances de perigo desde os primeiros minutos da partida. Num desses lances, a partir da ala esquerda, Balogun deu em Empis e este cruzou atrasado para boa finalização de Luisinho. Estava feito o 1-0.

Depois de uns excelentes 20 minutos por parte da equipa da casa, os conquistadores tentaram inverter o rumo do jogo mas, apesar de mais bola, não conseguiram construir nenhum lance claro de golo.

Até ao final da primeira parte houve ainda tempo para dois lances de muito perigo. Primeiro uma grande arrancada de Djoussé pela direita, passe para o meio a sobrar para Luisinho e este não consegue bisar graças a uma boa intervenção de Miguel Oliveira. Depois foi Guima com um grande passe a isolar Mike e este viu o guardião vimaranense fazer uma defesa incrível e a voltar a evitar o segundo golo da briosa.

Fonte: Bola na Rede
Fonte: Bola na Rede

O regresso dos balneários só aconteceu para uma das equipas: o Vitória. E em cinco minutos tudo mudou. Aos 47’ Ruben Oliveira teve espaço, entrou na área dos estudantes e entregou ao recém-entrado Bence Biró, que empatou o jogo. Aos 50’ Biró volta a intervir no jogo com um bom passe de calcanhar a desmarcar Castro, este cruzou à procura dos seus avançados, só que foi Yuri, central da Académica, a marcar auto-golo e a confirmar a reviravolta no marcador.

A turma de Ricardo Soares pagou caro os cinco minutos a dormir, visto que nunca mais conseguiu realmente pegar no jogo e criar lances de verdadeiro perigo. Sendo que para os poucos lances que criou chegou sempre o atento guarda-redes da equipa de Guimarães. O treinador dos estudantes ainda tentou atacar com duas substituições ofensivas, mas faltou juntar outra arte à vontade de vencer.

Anterior1 de 4Próximo

Comentários