Anterior1 de 3Próximo

Cabeçalho Futebol Nacional

O Futebol Clube Famalicão deslocou-se à Vila das Aves para o encontro da 38.ª jornada da Liga Ledman  Pro. O jogo começou com o Famalicão a tentar assumir as despesas do jogo, com um abertura de Vilaça na direita para Mendes que cruzou para Carlão que rematou mas a bola prensou no jogador do Desportivo das Aves. Poucos minutos mais tarde, a primeira lesão no jogo para o Aves.

Erivaldo lesiona-se num choque com Jorge Miguel e dá lugar a Zé Tiago. O Aves respondeu e João Amorim cruza da direita com o recém-entrado Zé Tiago a cabecear ao segundo poste para defesa atenta de Gabriel Souza.

O Famalicão tentava chegar ao golo e Mendes num livre batido tenso com o guarda-redes veterano Quim a desviar para canto perto da barra. Os comandados de Dito carregavam e num canto batido por Mendes, Nuno Diogo cabeceou ao lado da baliza avense e Jorge Miguel de seguida cruzava da esquerda, cabeçada de Carlão e defesa de Quim.

O Aves tentava impor o seu futebol e novamente Amorim no cruzamento e Balogun de cabeça a atirar ao lado. Sensivelmente a meio da primeira parte novo contratempo para os comandados de José Mota, João Pedro lesiona-se e dá lugar a Xandão e logo de seguida Jorge Miguel num pontapé de ressaca após um canto atira ao lado.

O jogo estava vivo e Diogo Cunha remata forte também ao lado baliza do Aves e na resposta da equipa da casa, Alexandre Guedes, após ressalto na área, remata ao lado da baliza dos visitantes. A grande oportunidade do Famalicão no primeiro tempo foi já no findar dos primeiros 45 minutos com um passe de Mendes que isola Mércio que remata cruzado perto do poste da baliza de Quim.

Antes do apito do árbitro Rui Oliveira para o intervalo, a terceira lesão do jogo para o Aves, Nelson Pedroso, lateral-esquerdo avense sai lesionado e para o seu lugar entra o extremo Caetano.

O Famalicão fez-se acompanhar pela sua claque numerosa Fonte: Facebook do FC Famalicão
O Famalicão fez-se acompanhar pela sua claque numerosa
Fonte: Facebook do FC Famalicão

Na segunda parte, o Famalicão entrou mandão no encontro mas foi o Aves por intermédio de Balogun a rematar ao lado. O Famalicão tentou responder, cruzamento de Mendes da direita com a bola a atravessar a área e Carlão a não conseguir emendar para golo.

O Aves queria chegar ao golo e novamente Alexandre Guedes a rematar para a defesa segura de Gabriel. A melhor chance de golo dos famalicenses chegou pouco depois com um cruzamento de Mendes, sempre ele, da direita, Quim a defender para a frente e Vítor Lima a rematar para nova defesa do guarda-redes internacional português.

Diogo Cunha teve um remate forte ao lado e pouco depois deu lugar ao extremo camisola 30 Feliz. O Aves não desistia de procurar o golo e Balogun a rematar ao lado da baliza famalicense. Dito mexeu novamente, trocando Mércio por André Perre e o Aves chega ao golo de seguida. Cruzamento de Balogun, sempre ele a agitar o ataque avense, da esquerda e cabeçada indefensável de Alexandre Guedes ao primeiro poste a fazer o primeiro da tarde. Era a festa rija nas bancadas.

Dito arriscou tudo e tirou Fred para fazer entrar Kisley mas o Aves logo de seguida sentenciou a partida. Assistência de Caetano e Tarcísio a rematar rasteiro para o segundo golo avense para gaudio dos cerca de 3000 adeptos que lotaram o Estádio do Clube Desportivo das Aves.

O Famalicão tentou responder por Perre num remate fraco por cima mas pouco havia a fazer para contrariar a vitória dos comandados de José Mota. 2-0 Vitória do Aves que está a um pequeno passo de subir de divisão e regressar à Liga NOS.

Foto de Capa: Instagram CD Aves

Anterior1 de 3Próximo

Comentários