Cabeçalho Futebol NacionalVitória tranquila do Gil Vicente, perante um Benfica B completamente inoperante em termos ofensivos e desastroso defensivamente. Com golos de Jonathan, Reko e um bis de James, os gilistas ultrapassaram as jovens águias na tabela classificativa, ocupando, ainda que provisoriamente, a sexta posição.

Cedo se percebeu que este seria um jogo de sentido único, o da baliza do guardião russo que defendia a baliza da equipa B encarnada. E foi precisamente num erro deste que o Gil se adiantou no marcador, logo aos seis minutos. Numa tentativa falhada de afastar a bola para bem longe da sua grande área, Zlobin colocou-a nos pés de Reko que rapidamente isolou Jonathan, cabendo ao jovem ponta de loança hondurenho a simples tarefa de desviar a bola do guarda redes e inaugurar o marcador, bem cedo na partida. Abaladas, as águias não se encontravam e, na sequência de um pontapé de canto, Luiz Eduardo ameaçou o segundo com um bom golpe de cabeça ao segundo poste. Era apenas um aviso, pois o lance não terminaria sem que Fall, junto à linha, cruzou a meia altura para uma finalização de classe do nigeriano James Igbekeme.

Para terminar uma vintena de minutos a alta rotação dos gilistas, eis que Reko saltou mais alto que os dois centrais encarnados e respondeu da melhor maneira a um canto de Jonathan, batendo um desamparado Zlobin.

Fonte: Gil Vicente FC
Fonte: Gil Vicente FC

Do lado da formação liderada por Hélder Cristóvão, os efeitos nefastos dos três socos no estômago aplicados pela armada de Casquilha iam sendo disfarçados pelas incursões de Willock, claramente um nível acima dos demais companheiros.

O segundo tempo trouxe uma quebra natural do ritmo e da intensidade do jogo, sempre com o controlo do lado dos gilistas, que foram assistindo às tentativas tímidas da formação encarnada de reduzir distâncias. As entradas de Anal Júnior e de João Félix trouxeram algumas melhorias à equipa visitante, contudo, seria novamente o Gil Vicente a marcar e a colocar um ponto final no resultado. Um cruzamento de Camara do lado direito do ataque gilista é mal intercetado por Zlobin e ao segundo poste James só teve de encostar e fazer o bis.

 

Anúncio Publicitário

Como jogou o Gil Vicente FC:

Titulares – Rui Sacramento, Ricarinho, Tormena, Luiz Eduardo e Henrique; Reko, Miguel Abreu, James e Camara; Fall e Jonathan.

Substituições – André Fontes por Reko aos 72’; Tiger por Fall aos 78’; João Pedro por Jonathan aos 83’.

Suplentes não utilizados – Júlio Neiva, Gonçalo Duarte. Valdeir e Rui Faria.

Golos – Jonathan aos 6’; James aos 14’; Reko aos 20’; James aos 73’

Cartões – Amarelo e vermelho a Luiz Eduardo

Como jogou o SL Benfica B:

Titulares – Zlobin, Pedro Pereira, Kalaica, Ferro e M. Leal; Willock, Chrien, Gelson e F. Luis; Heri e Zé Gomes.

Substituições – João Félix por Chrien aos 56’; Alan Junior por Heri aos 70’; Zé Gomes por Jota aos 76’.

Suplentes não utilizados – Fábio, P. Amaral, Cele e Lystcov

Golos –

Cartões – Amarelo a Pedro Pereira, Ferro e João Félix