Cabeçalho Futebol Nacional

Foi uma manhã magnífica para a prática do futebol, a nível de condições meteorológicas, na Covilhã. Apesar do fresco de neve que provém da Serra da Estrela, o sol sorriu, este sábado, no Municipal Santos Pinto. Frente a frente esteve o Penafiel, que vinha de uma fase difícil, mas que apresenta uma boa posição, e o Sporting da Covilhã, equipa que ocupa a segunda metade da tabela classificativa da 2ª liga portuguesa.

A partida iniciou-se da melhor forma para a equipa do norte do país. Ainda a defesa dos serranos estava a acordar para o jogo e já os durienses inauguravam o marcador, através de uma iniciativa individual de Wellington. O camisola 21, sem qualquer oposição da defensiva, apanhou-se em posição frontal à baliza e aproveitou para fuzilar as redes de Igor Rodrigues.
No primeiro quarto de hora do encontro, o Sporting da Covilhã foi sempre atrás da igualdade no resultado. Logo após sofrer o primeiro tento, Harramiz e Gilberto tentaram remates a meia distância, que foram travados por Coelho. O guarda-redes do Penafiel teve uma manhã bastante inspirada e conseguiu travar também o cabeceamento perigosíssimo de Joel, após canto de Luís Pinto.

A equipa do técnico Paulo Alves, já na meia-hora, esteve perto de ampliar o resultado. Após um livre à entrada do meio-campo beirão, o defesa central Zé Pedro quase fazia golo na própria baliza, depois de um mau alívio que levou a bola a embater no poste direito.
O Covilhã dominava a posse de bola ao fim dos primeiros 45 minutos, mas sempre longe do último terço do terreno. A defensiva visitante apresentou bastante solidez e conseguiu sempre travar as investidas dos atacantes dos leões da serra.

O Penafiel conseguiu ascender ao quarto lugar da Liga Ledman Pro (Fonte: Facebook do FC Penafiel)
O Penafiel conseguiu ascender ao quinto lugar da Liga Ledman Pro (Fonte: Facebook do FC Penafiel)

Já no segundo tempo, as equipas vieram cheias de genica e ambição. Filipe Gouveia, técnico do SCC, foi atrás do resultado e retirou o defesa central Zé Pedro para colocar o avançado Onyeka. Apenas a jogar com três defesas, previa-se que cada vez que o Penafiel saísse em contra-ataque, o Sporting da Covilhã viesse a sofrer investidas perigosas.
Após o quarto de hora da segunda parte, a equipa da casa chegou ao empate. Medarious, na direita, fez um excelente trabalho e descobriu Harramiz na área, para este finalizar da melhor forma. Quando se pensava que os leões da serra iriam dar a volta ao resultado aconteceu o contrário: numa jogada de contra-ataque, a equipa nortenha chegou ao segundo golo. Fidelis conduziu a bola pelo centro, soltou para Wellington, que fez gato sapato de Joel, e, isolado, bateu facilmente o guardião covilhanense.

Anúncio Publicitário

O jogo estava completamente aberto, na entrada do último quarto de hora, com ambas as equipas a procurar o melhor resultado. O Covilhã conseguiu de novo empatar a partida, depois de Gilberto ganhar espaço na ala para cruzar forte para Onyeka marcar.
Com o jogo bastante vivo, foi natural a paixão e os nervos começarem a surgir. Após protestos, Filipe Gouveia recebeu ordem de expulsão do árbitro, tendo, assim, de abandonar o banco de suplentes.

Na entrada para o tempo de compensação, a equipa da Covilhã tinha ainda a oportunidade de fazer mais uma substituição, que acabou por não ser usada. Pintassilgo era um jogador que poderia ter sido opção e ter desatado o nó do empate a favor da sua equipa, mas a equipa técnica não achou assim.
No minuto final do encontro, Rafa Sousa, após um pontapé de canto, aproveitou a confusão no meio da área e fez o golo da vitória da equipa do Penafiel. A equipa da casa, no último lance do encontro, viu Coelho a salvar os nortenhos com duas grandes defesas em cima da linha da baliza.

Com este resultado, o Penafiel sobe ao 5º lugar da tabela classificativa da LedMan LigaPro. Já o Sporting da Covilhã, mantém-se no 13º lugar e terá de trabalhar mais para fugir da segunda metade da tabela.