Cabeçalho modalidadesNum sábado especial na Luz, com dois derbys durante o dia, o SL Benfica recebia o Sporting CP depois da derrota no Dragão Caixa. Já durante a tarde as equipas de futsal de ambos os clubes não tinham além de um empate. O Sporting CP não queria deixar o FC Porto fugir (venceu a Águas Santas durante a tarde) e o SL Benfica não pretendia que o Sporting ganhasse mais vantagem na luta pelo segundo lugar.

O Pavilhão Nº2 da Luz apresentava as bancadas bem compostas e estava tudo pronto para uma grande festa de Andebol. E foi a equipa visitante a abrir a contagem no primeiro ataque da partida. Logo aos seis minutos a equipa da casa ganhou a primeira vantagem no marcador (5-3), que só foi anulada aos 12 minutos, quando os “leões” passaram para a frente do marcador (6-7). Pode-se dizer que esta primeira parte ficou marcada pela constante alternância na liderança do marcador, tendo, apesar disso, o SL Benfica estado na frente do marcador a maioria do tempo, indo até para o intervalo a vencer 14-12.

Os pupilos de Hugo Canela só podiam obter um resultado neste jogo se não queriam ver o FC Porto a fugir (ainda mais) na liderança do Andebol 1. Sendo assim, a equipa voltou mais determinada na segunda parte, reduzindo a vantagem no marcador nos minutos inicias, mas o SL Benfica foi conseguindo manter-se no comando do jogo.

Hugo Figueira puxou pelos adeptos e esteve muito perto de fazer a defesa decisiva, mas não foi suficiente para segurar a vantagem e garantir uma vitória merecida para os da casa Fonte: SL Benfica
Hugo Figueira puxou pelos adeptos, mas não foi suficiente para segurar a vantagem e garantir uma vitória merecida para os da casa
Fonte: SL Benfica

A vantagem da equipa da casa foi apenas anulada a meio da segunda parte (23-23). A partir desta altura sucederam-se empates, tendo o Sporting assumido a vantagem do marcador apenas a 10 minutos do final do marcador, com golo do ex-benfiquista Claudio Pedroso. Este jogo era também uma questão de orgulhos para o Benfica, que não havia conseguido ganhar aos seus maiores rivais este ano. Nos últimos dez minutos o resultado esteve sempre em aberto. A trinta segundos do final da partida Belone Moreira colocou a equipa de Mariano Ortega em vantagem, mas ainda houve tempo para Igor Zabic igualar a partida para os forasteiros.

Resultado final: 29-29. Frankis Karol foi o melhor marcador da partida, com 7 golos. Com este resultado o FC Porto ganha ainda mais vantagem na luta pelo campeonato.

Anúncio Publicitário

Foto de capa: SL Benfica