Anúncio Publicitário

O Sporting entrou da melhor maneira na Liga NOS. A jogar em casa, os “leões” venceram o Marítimo por 2-0, perante mais de 42 mil espetadores nas bancadas. Sem Slimani em campo, os “leões” tiveram de jogar de uma forma muito diferente da habitual. Alan Ruiz ocupou o seu lugar, mas não é tão pressionante nem ocupa tanto espaço como o argelino. Os “verdes e brancos” ficam muito mais pobres sem o seu ponta de lança predileto, e isso notou-se sobremaneira esta tarde. Ainda assim, o Sporting esteve sempre por cima no jogo, com exceção de dois lances em que o Marítimo esteve pertíssimo do golo. Rui Patrício salvou um lance com uma mancha gigantesca; na outra jogada foi a trave, a meias com a aselhice dos insulares, que evitou o golo. Tirando estes lances, foi sossegada a tarde para o campeão da Europa, que guarda as redes leoninas. É de notar o facto de ambas as jogadas terem nascido no flanco direito, que foi hoje ocupado por João Pereira. O português não esteve muito concentrado nesta partida.

João Mário foi o elemento que se aproximou mais de Alan Ruiz, com Gelson Martins a ocupar o flanco direito e Bryan Ruiz no oposto. O Sporting abusou do seu futebol rendilhado e cheio de combinações no meio campo adversário. Contudo, faltou sempre confiança na hora do remate. Em algumas vezes, os jogadores optaram por um último passe ou uma última finta; nas outras ocasiões o remate saía fraco ou torto. Na primeira metade, valeu o golo de Coates, na sequência de uma bola parada batida por João Mário.

 A segunda parte foi diferente. Bruno César entrou para a lateral esquerda, a substituir Jefferson, e o Sporting mudou para melhor. O primeiro quarto de hora do leão foi sufocante e terminou com o segundo golo leonino, apontado por Bryan Ruiz, após um excelente movimento de Gelson Martins. Até ao fim, os “leões” foram gerindo o esforço, até porque o Marítimo nunca ameaçou a baliza de Rui Patrício nos segundos 45 minutos.

Anúncio Publicitário

Rui Patrício, Rúben Semedo (imperial na marcação a Baba), João Mário e Gelson Martins foram os jogadores mais em destaque nos “verdes e brancos”, secundados pelas boas atuações de Adrien, William e Bruno César. Os “leões” vão agora preparar o encontro do próximo fim de semana, em Paços de Ferreira. No final desta partida, ficou uma dúvida no ar: João Mário foi substituído e saiu do jogo para os aplausos. Será que ainda joga para a semana?

Foto de Capa: Sporting CP

Anúncio Publicitário