LEÕES RECEBEM ALGARVIOS EM APUROS  

O Sporting CP recebe neste Domingo em Alvalade o Portimonense SC em jogo a contar para a 20ª jornada do campeonato. A partida ficará todavia marcada antes sequer de começar: uma hora antes do apito inicial realizar-se-á junto do “multidesportivo” um protesto de sócios e adeptos leoninos contra a administração Varandas.

À parte disso, no relvado de Alvalade irão defrontar-se duas equipas obrigadas, embora em contextos diferentes, a conseguir um bom resultado.

A derrota inglória em Braga manchada por uma arbitragem anedótica (para não adjectivar de outra maneira) ditou a perda do terceiro lugar na classificação. a turma de Silas terá que voltar às vitórias em casa na presença dos seus adeptos, neste que é o segundo jogo da era pós-Bruno Fernandes.

Anúncio Publicitário

Infelizmente o universo sportinguista já pouco pode ambicionar nesta competição. O próprio presidente do Sporting Cp admitiu nas vésperas deste encontro vários erros no planeamento do plantel para a corrente época. Afinal aquele que no rescaldo do jogo da Supertaça dizia não estar preocupado com nada, afinal tinha e ainda tem motivos para estar.

E digo infelizmente porque estamos ainda no início da segunda volta do campeonato e o Sporting CP com apenas 32 pontos está já arredado até do segundo lugar. Enfim já que a glória é impossível, os Sportinguistas rogam ao plantel que lhes dê o esforço, a dedicação e a devoção.

Silas tem à sua disposição todos os jogadores do plantel com excepção de Luiz Phellype que sofreu uma grave lesão no jogo frente ao CS Marítimo.

Por sua vez, o Portimonense SC que ocupa o penúltimo lugar do campeonato com apenas 14 pontos vem com a difícil missão de sair da linha d’água. A formação algarvia vem de oitos jogos sem ganhar e de três derrotas consecutivas. Com efeito, a última vitória algarvia aconteceu em Portimão na recepção ao Famalicão FC no dia 30 de novembro.

Alvalade não será propriamente o cenário mais propício a um regresso às vitórias do Portimonense SC, todavia um bom resultado não deixará de ser um boost importante para a luta pela permanência. Na pior das hipóteses, a equipa algarvia poderá regressar a Portimão como último classificado.

Este será o terceiro duelo disputado entre leões e algarvios na época 2019-2020. Na primeira volta o Sporting CP venceu em casa do Portimonense SC por 3-1 e numa segunda deslocação ao Algarve em jogo a contar para a fase de grupos da taça da liga voltou a derrotar a equipa algarvia por 4-2.

COMO JOGARÁ O SPORTING CP

A saída do jogador mais influente da formação leonina para o Manchester United, Bruno Fernandes, obrigou Silas a reinventar o esquema tático de uma equipa que orbitava em torno do antigo capitão. O 4-3-3 manter-se-á com alguma certeza, mas com um meio campo diferente. Se é certo que Luciano Vietto é o jogador naturalmente mais susceptivel de fazer a vez Bruno Fernandes, também é certo que em Braga vimos um meio campo verde e branco composto por Wendel (opção indiscutível), Eduardo e Battaglia, ocupando o argentino uma posição mais recuada próxima dos centrais.

No eixo defensivo, apesar de Mathieu poder ser opção creio que Silas manterá o francês de fora por precaução, ocupando Neto o seu lugar a par com Coates. “Max” continuará a ser a aposta na baliza verde e branca. O lado direito da defesa pertence sem qualquer dúvida a Ristovski enquanto que a lateral esquerda poderá pertencer a Borja, que nos últimos jogos apresentou algum rendimento, para que Silas possa aproveitar Acuña no corredor esquerdo do ataque, fazendo Rafael Camacho o lado oposto.

O ponta de lança será sem surpresa alguma Sporar para quem a equipa terá de criar caudal ofensivo, sob pena de ficar subaproveitado na frente.

JOGADOR A TER EM CONTA

Fonte: UEFA Europa League

Andraz Sporar – O Sporting CP gritava por um ponta de lança com créditos e qualidade “imediata”. O esloveno chegou a Alvalade com a tarefa de mostrar imeditamente trabalho, ou seja, golos, pese embora tenha vindo de um campeonato que se encontrava parado.

A lesão de Luiz Phellype numa fase inicial do jogo frente ao CS Marítimo obrigou o avançado esloveno ainda sem ritmo de jogo a saltar do banco e a verdade é que ainda não somou nenhum golo (esteve perto de o fazer em Braga).

Todavia, Sporar tem deixado bons apontamentos nos últimos jogos, nomeadamente na forma como ganha aos adversários entre linhas. Faltou-lhe talvez maior ajuda dos seus colegas.

XI PROVÁVEL

4-3-3 – Luís Maximiano, Ristovski, Neto, Coates, Battaglia, Wendel, Luciano Vietto, Rafael Camacho, Marcos Acuña, Andraz Sporar.

COMO JOGARÁ O PORTIMONENSE

Novo treinador, novas ideias, mas os resultados negativos persistem. Bruno Lopes cumprirá o seu terceiro jogo no comando técnico dos algarvios com duas derrotas em dois jogos. A última exibição em casa frente ao CD Tondela foi no mínimo preocupante e comprometedora da ambição em permanecer na primeira liga.

Na visita a Alvalade e frente a um adversário mais poderoso na teoria como o é o Sporting CP, creio que Bruno Lopes não esquematizara a sua equipa no 4-2-3-1 que colocou em campo frente ao CD Tondela. Creio que técnico dos algarvios poderá optar por um 4-3-3, mais vocacionado para o jogo de contenção e tentar ganhar algum controlo do jogo. Neste contexto, no meio campo deverão alinhar os médios Bruno Costa e Fernando Medeiros com Pedro Sá a fazer a posição de “trinco”. No eixo ofensivo, e tendo em consideração o que foi o ataque algarvio no seu último jogo, teremos certamente um “trio” que tentará ganhar as costas dos Leões, composto pelos extremos Marlos Moreno e Aylton Boa Morte e pelo ponta de lança Jackson Martinez

A defesa alvinegra não deverá ter muitas surpresas: Ricardo Ferreira é o patrão da baliza e os centrais Luccas Possignolo e Jadson são titulares indiscutíveis no eixo central. O jovem nipónico Koki zanzai tem sido a aposta para preencher a lateral direita enquanto na lateral esquerda poderá estar o já conhecido Emma Hackman.

JOGADOR A TER EM CONTA

Fonte: Portimonense SC

Aylton Boa Morte – o extremo tem sido aposta regular no ataque algarvio e soma actualmente dois golos e quatro assistências. É claramente um jogador que marca a diferença pela positiva no plantel do Portimonense SC é que com certeza criará dores de cabeça na defesa leonina, sobretudo com as diagonais que gosta de protagonizar na grande área adversária.

XI PROVÁVEL

4-3-3 – Ricardo Ferreira, Koki Anzai, Lucas Possignolo, Jadson, Hackman, Pedro Sá, Bruno Costa, Fernando Medeiros, Marlos Moreno, Jackson Martinez, Aylton Boa Morte.

Foto de Capa: Carlos Silva/Bola na Rede

artigo revisto por: Ana Ferreira