SITE TEMPORÁRIO

19 de Janeiro, 2022

Rio Ave FC 4-4 CD Aves (4-5 g.p.): Aves passa em Vila do Conde e está às portas da Europa

CONFERÊNCIA BNR

BnR: Nos últimos jogos o Rio Ave tem sofrido bastantes golos, hoje sofreu mais quatro, e quatro golos que acabaram por custar a presença nas meias finais da Taça de Portugal, está neste momento preocupado sobretudo com a organização defensiva da sua equipa?

Miguel Cardoso: Naturalmente que temos de refletir como é que aconteceram esses golos. Disse no último jogo, quando jogámos com o Paços de Ferreira, que preferia ter ganho por 2-0 do que ter ganho por 4-2, mas temos um conjunto de princípios defensivos que nos têm dado, ao longo desta campanha, coisas muito boas. Naturalmente que temos que rever a maneira como sofremos hoje esses golos, agora os golos que sofremos hoje foram num contexto fora do normal, que analisaremos evidentemente. Sofremos dois golos de bola parada, o quarto golo surge num momento que a equipa está mais balanceada, numa equipa em que há menos frescura, e, portanto, a análise tem que ser ponderada. Continuaremos a trabalhar nos nossos princípios defensivos, continuaremos a tentar melhorar e certamente que iremos retomar sequências de jogos com regularidade defensiva.

Não foi possível colocar questões ao técnico do Desportivo das Aves.

Foto de Capa: Clube Desportivo da Aves