Anterior1 de 4Próximo

Mais um domingo de futebol no Estádio de S. Miguel em que se disputava a quarta eliminatória da Taça de Portugal. Ambas as equipas ambicionavam marcar presença na prova rainha.

CD Santa Clara ocupa, de momento, a nona posição da tabela classificativa referente à Primeira Liga. Por sua vez, o CD Chaves é, atualmente, o 18.º e último classificado da referida tabela, com apenas sete pontos amealhados em dez encontros já realizados.

O jogo começou com muita intensidade por parte da equipa local que, aos 6 minutos de jogo, Fernando Andrade fez pontaria para a baliza adversária para tentar a sua sorte. No entanto, acabou por não o conseguir. Nos primeiros 20 minutos, o Santa Clara destacou-se pela intensidade e agressividade demonstrada. Apesar disso, na segunda metade da primeira parte, o GD Chaves conseguiu mostrar maior eficácia na linha e finalização, acabando por inaugurar o marcador aos 25 minutos.

A equipa da casa tentou ainda reagir ao golo, mas sem efeito, acabando por sofrer o segundo golo aos 29 minutos.

Fonte: Bola na Rede
Anúncio Publicitário

Na segunda parte, a formação açoriana deparou-se com uma equipa flaviense mais retraída no seu meio campo, mas ainda assim soube reagir mostrando uma clara melhoria no seu rendimento.

A equipa açoriana ainda conseguiu reagir aos 57 minutos através de um golo marcado por Fábio Cardoso, na sequência de um pontapé de canto cobrado por Osama Rashid. O jogo permaneceu equilibrado, havendo algumas situações de perigo porém insuficientes para a equipa vermelha e branca, que até ao final do tempo regulamentar tentou pressionar para chegar à igualdade.

É de salientar que, nesta disputa pelo lugar nos oitavos de final, este foi um jogo marcado pela agressividade e intensidade que ambas as equipas mostraram. No entanto, o GD Chaves foi mais eficaz o que se refletiu nesta vitória.

Anterior1 de 4Próximo

Comentários