Anterior1 de 3Próximo

Na quarta eliminatória da Taça de Portugal, no Estádio José Santos Pinto, defrontaram-se SC Covilhã e Moreirense FC. A equipa da Primeira Liga deslocou-se desde Moreira de Cónegos com uma sequência de quatro vitórias seguidas. Já a equipa da casa encontra-se na linha de descida da Segunda Liga e procurava inverter um ciclo de duas derrotas seguidas.

Numa primeira parte morna, num jogo muito disputado a meio-campo, foram, ainda assim, os serranos aqueles que demonstraram mais vontade de mudar os acontecimentos da partida. O Covilhã, no entanto, revelou grandes fragilidades no último terço do campo e, por essa razão, não concretizou o maior domínio no jogo em golos.

O único lance de real perigo aconteceu à passagem do minuto 29. Depois de uma perda de bola no centro da defesa, Mica aproveitou e rematou com perigo à baliza de Pedro Trigueira.

O intervalo parecia ter feito bem aos comandados de Ivo Vieira, que entraram com uma nova atitude em campo. Logo ao segundo minuto da segunda parte, Chiquinho, num grande remate, fez o primeiro golo para a equipa de Moreira de Cónegos. Quebrava-se assim o gelo (que se fazia sentir imenso no jogo nesta altura) no marcador.

Fonte: Bola na Rede

O Moreirense não quis ficar por aqui e, ao minuto 55, com um canto marcado por Chiquinho, Makouta na sequência de um alívio, cabeceou para a própria baliza. O Moreirense arrumava assim, praticamente, em dez minutos a partida.

O Sporting da Covilhã ainda tentou responder aos dois golos do Moreirense, por intermédio de Adriano Castanheira que rematou para uma grande defesa de Pedro Trigueira. Estavam, assim, decorridos 58 minutos de jogo.

O Moreirense soube controlar o jogo mas, apesar do Sporting da Covilhã ter tentando, as fragilidades ofensivas da equipa serrana não deixaram que os leões da serra marcassem pelo menos um golo que acendesse a disputa da eliminatória.

Pelo contrário, durante a compensação, ao minuto 92, Chiquinho, novamente, aproveitou um contra-ataque e cruzou para o golo de Teixeira, o terceiro do Moreirense, sentenciando assim com as aspirações dos serranos.

Depois de visitar o frio da Serra da Estrela, a equipa de Ivo Vieira segue assim para a próxima fase da Taça de Portugal. O Sporting da Covilhã apesar de uma excelente primeira parte continua a revelar problemas na concentração em todas as fases do jogo.

 

SC Covilhã: Bruno Miguel, Rafael, Adriano (87’ Onyeka), Gilberto, Deivison, Makouta (63’ Neto), Jahfort (63’Rick Sena), Zarabi, Miranda, Soares, Mica.

Moreirense FC: Pedro Trigueira, Mohamed, Igor Santos, Ruben Lima, Nenê (89’ Texeira), Chiquinho, Pedro Nuno (70’ Heriberto Tavares), Mamadou, Arsénio (85’ Bruno Silva), Anthony, Neto.

Artigo redigido por: Bárbara Seixas e Rui Pedro Cipriano

Anterior1 de 3Próximo

Comentários