William, tu foste mais um dos que rescindiu com o Sporting Clube de Portugal por causa das incompatibilidades com o anterior presidente, Bruno de Carvalho. E nem continuarás a ser “mais um”, pois decidiste avançar com essa rescisão.

Escreveste um texto de despedida e é sobre o mesmo que me quero debruçar também nestas linhas. Começas logo por dizer que é um dia difícil e que dizes adeus à família Sporting. Pois bem, pela carta de rescisão que apresentaste e pelo clube que escolheste para prosseguir carreira, não me parece que tenha sido um dia muito difícil para ti. Quem troca o Sporting pelo Betis não pode estar bem da cabeça e penso que te darás conta disso mais tarde. Se precisares, pergunta ao Ricardo, o guarda redes que saiu do Sporting para o Betis e depois andou a jogar no Vitória de Setúbal ou no Olhanense.

Depois, e acho esta a maior demonstração de hipocrisia que tens para conosco, disseste que, a sair, teria de ser da melhor forma possível para o clube. Bem, um campeão europeu, titular da seleção, sair por apenas dezasseis milhões de euros para um mediano clube espanhol não é claramente o melhor negócio para o Sporting. Bem sei que existem objetivos que podem valer dinheiro. Alguém acredita, por exemplo, que o Betis consiga apurar-se para a Liga dos Campeões? Pois…

William Carvalho começará em breve a trabalhar no clube de Sevilha
Fonte: Real Betis Balompie

Despedes-te com aquelas tretas de seres mais um adepto e o normal “bla bla bla” que os jogadores dizem quando abandonam os clubes para ir atrás de mais dinheiro. Quanto ao facto de seres adepto, não será por publicares “instastories” enquanto estás sintonizado no canal que transmita os jogos que serás tão adepto como nós. Tiveste a oportunidade de cumprir o sonho de muitos dos adeptos leoninos e agora estás a renegá-la devido a uma oferta do Betis. Nenhum de nós se esquecerá do escândalo que tu e o eu pai quiseram armar no último dia do mercado de transferências do verão de 2017, quando querias ir defender o West Ham na luta da manutenção em Inglaterra.

Por fim, resta-me desejar que Danilo Pereira, Ruben Neves, Javi García e Andrés Guardado tenham épocas em grande. Tudo isto para que tu possas evoluir, obviamente. Espero que continues a tua carreira e nunca alcances um clube tão grande como o Sporting.

Foto de Capa: Federação Portuguesa de Futebol

 

Comentários