Meu caro, Fernando.

Apesar de apenas termos falado uma ou outra vez, acredito que não levarás a mal estas linhas, nas quais procuro talvez criar um raciocínio mais ou menos lógico que me faça de alguma forma entender a injustiça que estou a assistir no futebol português.

Não, Fernando. Não te vou encher com temas que já cheiram mal e dos quais te tens mantido, e não podia ser de outra forma, à parte. Antes, procuro uma resposta, uma justificação, ou simplesmente deixar reflectir por entre estas teclas algo que me tem inquietado nos últimos tempos.

Anúncio Publicitário

Quando vi o Edinho fazer quatro golos na passada sexta-feira, ocorreu-me logo a campanha que eventualmente poderiam passar a fazer, a comunicação social sobretudo, para a chamada dele à selecção. E não me enganei, ao que parece.

Dizem até que telefonaste para o Edinho. Espero sinceramente que não tenhas tido rede, que o telemóvel dele estivesse desligado ou que “o saldo actual não tenha permitido efectuar a chamada”. Ou que seja mais uma das inúmeras notícias especulativas que diariamente percorrem as páginas dos nossos jornais.

António Salvador não entende a não chamada de Paulinho à Selecção Nacional
Fonte: SC Braga

Deixa-me lá ver se percebi. Está tudo doido? O Edinho??? A sério? É por ele começar por Ed? O novo Ed? Depois do Éder agora o Edinho?  Um gajo que não tem feito nadinha durante toda a época, que é quase sempre suplente de uma equipa que tem estado, invariavelmente, com a corda na garganta? Um jogador que foi suplente do Paciência (emprestado pelo Porto) e de outro puto emprestado pelo Porto B. Isto está tudo maluco?

Espero mesmo que sejam notícias falsas para bem do nosso futebol, e da nossa selecção Fernando. Não sejas cego, Fernando! Está na hora de pensares num “inho” para a selecção, mas não é esse do Setúbal. É o PAULINHO!!! Não tens o número dele? Eu dou-to, não tens problemas. Não tens visto com muita atenção as exibições dele? Eu passo-te os vídeos.