jogadoresqueadmiro

Andrea Pirlo: nome de craque, ídolo, maestro, talento puro, lenda. O italiano conta já com 35 anos, mas a classe e a qualidade com que o perfume do seu futebol ainda deslumbra os relvados por onde passa fazem prever que o pendurar das botas se encontra longínquo. E o futebol agradece, pois não está preparado para perder um jogador desta dimensão.

A cumprir a sua quarta época ao serviço da Juventus, atual tricampeã de Itália, após uma longa passagem pelo rival AC Milan e, até, pelo Inter de Milão, conta com um palmarés invejável aos olhos de muitos. Um Campeonato do Mundo de Clubes, duas Ligas dos Campeões, outras tantas Supertaças Europeias, cinco campeonatos italianos, entre outros títulos, constam da lista de conquistas da carreira de Pirlo. Venceu, também, pela sua seleção, o Campeonato do Mundo de 2006, na Alemanha, e um Campeonato da Europa Sub-21 em 2000. Sem dúvida, um jogador galardoado ao mais alto nível.

Anúncio Publicitário

Pirlo fez uso da sua inteligência para adaptar o seu futebol à medida que os anos por si iam passando, o que o faz permanecer a um alto nível em idade tão avançada no que concerne a um jogador centro-campista. Embora a velocidade física não seja um atributo que o caracterize, é, sim, a velocidade de pensamento, que a experiência adquirida através da vasta carreira veio engrandecer, que o define como um dos jogadores mais letais no que ao capítulo do passe e da leitura de jogo diz respeito.

A inteligência é uma das principais características de Andrea Pirlo Foto: Juventus FC
A inteligência é uma das principais características de Andrea Pirlo
Foto: Juventus FC

Tal como já foi feita referência, é o autêntico mestre dos passes: a qualidade que demonstra, seja em passes curtos ou longos, coloca-o a um nível a que ainda nenhum outro nos habituou. Alia a tal dom uma tremenda visão de jogo, que lhe permite gerir o ritmo das partidas a seu bel-prazer. Sempre disponível para receber prontamente a bola dos seus colegas e movê-la na melhor direção, é um verdadeiro maestro de uma equipa. É um regalo para os olhos vê-lo dentro de campo na construção de jogadas de ataque perfeitas.

A liderança e o caráter que evidencia dentro das quatro linhas têm vindo a permitir aos jogadores mais jovens que atuam a seu lado adquirirem conhecimento e experiência junto de um dos melhores de sempre, que detém uma vasta influência no seio do grupo da vecchia signora.

Pirlo já deu muito, bastante até, ao futebol, e para agrado de todos promete dar ainda mais. Aos 35 anos, a elevada qualidade de jogo e classe que espalha pela Europa fora é de um gabarito a que poucos conseguirão chegar. É com enorme felicidade que encaro o facto de ainda ser possível observar este maestro italiano ao mais alto nível. Que o seja por muitos mais anos!

Foto de Capa: Juventus FC