Sir Alex Ferguson é uma das maiores figuras da história do futebol mundial, um dos treinadores mais titulados de sempre, um “gentleman”. Ao longo da sua carreira, Ferguson conquistou 50 títulos, 38 ao serviço do Manchester United.

Fergunon foi jogador de futebol no seu país, a Escócia, onde serviu o Queen´s Park, o St. Johnstone, o Dunfermline, o Rangers, o Falkirk e o Ayr United. No entanto, seria como treinador que brilharia, tendo iniciado a sua carreira com apenas 32 anos, liderando o East Stirlingshire.

Em 1974, abraçou o desafio de treinar o St. Mirren, equipa da primeira divisão escocesa, onde permaneceu quatro temporadas. Acabaria por ser despedido, ingressou então no Aberdeen na época 1978/79, começando a sua história de sucesso.

Entre 1978 e 1986, liderou o Aberdeen à conquista de títulos, destronando o Celctic e o Rangers. Os escoceses do Aberdden venceram com Ferguson, uma Taça das Taças, uma Supertaça Europeia, três campeonatos, quatro Taças da Escócia e uma Taça da Liga. Na Taça das Taças, na temporada 82/83 derrotou na final o FC Bayern München, por 4-1. O sucesso na Europa seguiu-se com a conquista da Supertaça, vencendo Hamburger SV, por 2-0 no agregado, registando um empate a zero na primeira mão.

Sir Alex Ferguson venceu 38 títulos ao serviço do Manchester United, entre 1986 e 2013
Fonte: Manchester United

Alex Ferguson já era um treinador com currículo e muito requisitado pelos grandes clubes do Reino Unido. No verão de 1986 assumiu o comando técnico do Manchester United, onde permaneceu 27 temporadas e conquistou 38 títulos.

Sir Alex Ferguson conduziu o Manchester ao sucesso, somando títulos nacionais e internacionais – duas Ligas dos Campeões, uma Supertaça Europeia, um Mundial de Clubes, uma Taça Intercontinental, 13 campeonatos, cinco FA Cup, 4 Taças da Liga e 10 FA Community Shield.

Recordar o legado de Ferguson, transporta-nos para as épocas 98/99 e 2007/2008. Na temporada 98/99, o Manchester United conquistou a Premier League, a FA Cup e a Liga dos Campeões. Na final da maior competição de clubes da Europa, Ferguson voltou a enfrentar o FC Bayern München. O jogo não corria de feição aos ingleses, perdiam por 1-0 desde os cinco minutos, vencendo com dois golos depois dos 90 – Teddy Sheringham aos 91 e Ole Gunnar Solskjær aos 93. Ferguson fez história nessa época 98/99, sendo o primeiro treinador da história do futebol inglês a vencer o triplete.

Em 2007/2008, com o contributo do melhor do mundo, Cristiano Ronaldo, venceu a Premier League e a Liga dos Campeões. Numa final disputada entre clubes ingleses, o gigante de Manchester derrotou o Chelsea FC, com recurso a grandes penalidades, após empate a um golo no final do prolongamento.

Sir Alex Ferguson ficará para sempre na história do futebol inglês, europeu e mundial. O escocês venceu 50 títulos, mas conquistou o respeito dos seus colegas e de todos os jogadores com quem trabalhou. Um verdadeiro gentleman que teve, ao longo da sua carreira, o talento de liderar grandes craques – David Beckham, Peter Schmeichel, Ryan Giggs, Paul Scholes, Éric Cantona, Cristiano Ronaldo, entre tantos outros. Sobretudo, liderou sempre pelo exemplo e conseguiu atingir a glória repetidamente, com equipas diferentes, construídas por si.

Foto de Capa: Manchester United

Artigo revisto por Diogo Teixeira

 

Comentários