O futebol português tem alguma tradição em apostar em jogadores búlgaros, que deixaram a sua marca no futebol português. Já vão longe os tempos em que jogadores como Kostov, Radi, Mihaylov, Kostadinov, Balakov e Iordanov abrilhantaram o futebol português e, hoje, há mais um jogador da Europa de Leste a dar cartas no nosso futebol.

Bozhidar Kraev nasceu no dia 23 de Junho de 1997 em Vratsa e iniciou as suas pisadas um pouco tarde no futebol, tendo ingressado num dos clubes da capital búlgara, o Levski Sofia em 2013. Um ano depois, estreou-se pela equipa principal do Levski com apenas 17 anos e não demorou muito tempo a assumir-se como uma mais-valia.

As suas boas prestações valerem-lhe uma transferência para o FC Midtjyland em 2017. Ao serviço de um dos maiores clubes da Dinamarca, Kraev realizou 37 jogos e marcou cinco golos, acabando por ser um dos jogadores escolhidos por Vítor Oliveira para integrar a nova equipa do Gil Vicente FC e o seu projecto na Primeira Liga, chegando aos 22 anos, a título de empréstimo do clube dinamarquês.

Kraev foi decisivo na vitória contra o FC Porto na primeira jornada
Fonte: Gil Vicente FC

Bozhidar Kraev é um jogador com uma grande inteligência, sabendo movimentar-se dentro de campo de modo a associar-se com os colegas de equipa. É, também, um jogador com uma grande capacidade de definição e de execução, sendo muito “frio” e eficiente em frente à baliza.

A forma como Kraev tem sobressaído na equipa gilista, que está em plena fase de construção, faz dele uma das principais revelações deste início de campeonato. E, a forma como se tem destacado em terras lusas, pode muito bem fazer com que o seu futuro pelo futebol português não fique por aqui. Bozhidar Kraev é um jogador com qualidade para jogar em equipas com outros objectivos e tem tudo para seguir as pisadas dos seus compatriotas antecessores.

Foto de Capa: Gil Vicente FC

Artigo revisto por Joana Mendes

 

Comentários