Anterior1 de 6Próximo

“Prognósticos só no fim do jogo”. Esta frase ficou célebre no Mundo do futebol luso e foi proferida pela glória do Futebol Clube do Porto, João Pinto. Há, contudo, prognósticos que só podem ser feitos não no final do jogo, mas no final das épocas desportivas.

No início da presente temporada, escrevi, precisamente aqui no Bola na Rede, sobre a fragilidade futebolística que, a meu ver, o lateral direito leonino Cristiano Piccini, ex-Bétis de Sevilha, apresentava. Parecia-me um jogador sem alma leonina e tinha grandes dúvidas de que viesse a melhorar ao longo da época. Estava enganado. Apresento, já de seguida, cinco razões para se desculpar o lateral-direito leonino.

Anterior1 de 6Próximo

Comentários