Anterior1 de 9Próximo

O barcelense José Gonçalves, que estamos habituados a ver brilhar em provas menos montanhosas, foi uma das grandes surpresas da 101.ª edição do Giro d’Italia, terminando num excelente 14.º posto, que iguala André Cardoso como melhor prestação nacional na Geral de uma Grande Volta nesta década. 

Para celebrar este feito, olhamos para alguns dos ciclistas com nome no panorama internacional e de quem se esperava mais, mas que acabaram por não conseguir fazer melhor que o ciclista da Katusha. De fora ficam atletas como Fabio Aru e Louis Mentjes, cuja forma sofrível os viu abandonar ainda antes dos momentos decisivos.

Anterior1 de 9Próximo

Comentários