DEFESA CENTRAL


Lúcio – O BayArena foi porta para a Europa e a casa durante quatro épocas para o muro brasileiro. O defesa-central era muito complicado de ultrapassar e muito forte no ar. Com um currículo recheado de títulos – a destacar uma Liga dos Campeões, um Campeonato do Mundo, um Campeonato do Mundo de Clubes, uma Taça das Confederações, entre títulos nacionais – o antigo internacional pela seleção canarinha somou 123 jogos pela Die Werkself e 21 golos. Daqueles jogadores que dispensam apresentações.