A mediatização de jovens promessas do futebol mundial é, hoje em dia, não só um claro indício do bom trabalho que se tem feito nas academias de formação, como um problema que resulta muitas vezes na categorização dos jovens talentos como “flop”.

Um feito assinalável por um talento a despontar é marcado por inúmeras capas de jornais e tentativas absurdas de atrair o clique fácil dos leitores, uma situação que as redes sociais vêm ajudar a propagar.

O ódio destilado a estas novas figuras nas caixas de comentários (e não só) acaba por comprometer a carreira destes jogadores, que vivem com uma pressão em cima superior à sua ambição, quando devia acontecer o contrário. Estes jovens precisam de espaço para crescer, pelo que é fundamental que sejam dados a conhecer de forma controlada.

O top que se segue pretende mostrar os cinco maiores talentos nascidos a partir de 1 de janeiro de 2001 que já fizeram a sua estreia no futebol sénior.