Anterior1 de 11Próximo

Depois do Bola na Rede ter enunciado os tipos de laterais direitos, chega agora a vez do lado oposto do terreno, onde a posição tem evoluído tanto dum flanco como do outro. Isto deve-se às mesmas razões por serem ambas do cariz defensivo e por enfrentarem maioritariamente das vezes um extremo do outro lado.

O extremo denotou uma evolução tremenda, tendo em conta a mudança técnico-tática no futebol, desde métodos de treino, desenvolvimento de rotinas e influências tecnológicas, o que resultou no aumento da velocidade do jogo e numa preparação diferente para o lateral, com uma exigência de ritmo diferente.

No virar do século houve uma alteração significativa na posição, pois o lateral tornou-se tipicamente mais ofensivo. Roberto Carlos foi um lateral que marcou o início do século XX e influenciou (e de que maneira) os defesas daí para a frente, assim como a forma de analisar esta posição.

Conheça então aqueles que, possivelmente, serão os melhores laterais esquerdos da atualidade, embora seja impossível selecionar todos os jogadores de qualidade a atuar ao mais alto nível, mesmo que a posição não seja tão vasta nesse aspeto, arrisco-me a dizer como todas as outras. De qualquer das formas, nos últimos anos, têm aparecido mais laterais esquerdos de alta qualidade.

Anterior1 de 11Próximo

Comentários

Artigo anteriorO bom filho a casa torna
Próximo artigoWillem II | Deixem os meninos voar
João é de Espinho, no norte de Portugal, é licenciado em Ciências da Comunicação e tem o objetivo de singrar no jornalismo desportivo. É um apaixonado pelo futebol e acompanha o desporto desde tenra idade, principalmente o campeonato português, as top 5 ligas e as competições europeias. Tem o tiki-taka de Pep Guardiola como referência futebolística.                                                                                                                                                 O João escreve ao abrigo do novo Acordo Ortográfico.