8.

Fonte: FC Bayern

Lucas Hernández – É um caso de rotação entre defesa central e esquerdo, no entanto, está inserido nesta lista por ser no corredor esquerdo que atua a maior parte das vezes. Foi na seleção francesa que deu o salto, no Mundial de 2018, vitorioso para os gauleses, no qual Lucas cumpriu com as funções. No Atlético de Madrid era bastante útil pelo estilo defensivo a que Simeone incute nos jogadores e as boas exibições nos colchoneros valeram-lhe uma transferência milionária para o Bayern de Munique, onde começou bem a época e a ser opção regular, até sofrer uma lesão que o afastou dos relvados desde outubro. Certamente regressará com toda a vontade aos grandes palcos e aos 23 anos assume-se como um dos melhores na sua posição e com um futuro risonho pela frente.