Cabeçalho Futebol Internacional

Ao longo da História, a relação entre Portugal e Angola pode ser vista como uma relação duradoura e com vários pontos de interesse entre os dois países, desde a economia até à cultura, embora esta não tenha sido sempre uma convivência amigável, uma vez que na década de 60 se assistiu a um conflito que pôs em causa a cooperação luso-angolana – a Guerra Colonial. Felizmente, este episódio negativo foi ultrapassado, e, atualmente, os dois povos voltaram a dar as mãos e ambas as culturas já se encontram bastante enraizadas uma na outra.

Ora, no que diz respeito ao Desporto Rei, pode-se concluir que esta relação tem sido fulcral para o desenvolvimento futebolístico angolano, dado que o campeonato português é muito competitivo, um pouco à semelhança dos restantes campeonatos europeus, o que acaba por permitir aos jogadores angolanos, que têm a oportunidade de jogar nos relvados portugueses, evoluírem a nível técnico e tático. Neste texto, irei apontar dez jogadores angolanos que passaram pelo nosso país e, no meu entender, deixaram uma marca positiva e/ou significativa nos diversos clubes representados.

1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
Artigo anteriorTrês cabeças para uma coroa
Próximo artigoOs primeiros testes da NBA
O Guilherme é licenciado em Gestão. É um amante de qualquer modalidade desportiva, embora seja o futebol que o faz vibrar mais intensamente. Gosta bastante de rir e de fazer rir as pessoas que o rodeiam, daí acompanhar com bastante regularidade tudo o que envolve o humor.                                                                                                                                                 O Guilherme escreve ao abrigo do novo Acordo Ortográfico.