TRIBUNA VIP é um espaço do BnR dedicado à opinião de cronistas de referência para escreverem sobre os diversos temas da atualidade desportiva.
Acredito que já tenha ouvido falar da reestruturação da Liga dos Campeões, que se prevê chegar em 2024, mas a verdade é que devemos estar todos satisfeitos porque dentro de campo, os verdadeiros campeões continuam a deliciar-nos com a sua… identidade.

A identidade de Sérgio Conceição ficou bem vincada na última eliminatória com a Juventus. A forma como organizou a pressão ofensiva da equipa no Dragão e chegou aos dois golos, a forma como se organizou defensivamente em Turim para conseguir um apuramento, uniu-se à determinação de uma equipa que queria fazer história.

Uma equipa liderada por Pepe e Sérgio Oliveira, dois homens com caminhos diferentes: o “jovem” central de 38 anos contrariou todos os estigmas da idade num jogador de futebol com uma exibição imperial em Turim. Já Sérgio Oliveira, fez os dois golos da segunda mão e tem mostrado que este sim, é o seu momento de brilhar, e não aquela fase em que tinha 17 anos e uma cláusula de 30 milhões. Felizmente, alguém lhe deu tempo para provar o talento que tem.

Mas esta identidade de luta dos Sérgios e do Pepe também é a mesma do Thomas. Sim, o Tuchel, esse homem que fez milagres em Paris e que parece ter de provar todos os dias o seu excelente trabalho. Em menos de dois meses, transfigurou o Chelsea e eliminou Diego Simeone que, curiosamente, também mostrou de que é feito a sua… identidade.

Fonte: Diogo Cardoso/Bola na Rede

Não me vou cansar de usar a palavra IDENTIDADE neste texto, porque foi isso que campeões como Haaland, Zidane e Klopp mostraram nestes oitavos de final. Haaland fez quatro golos dos cinco do Dortmund marcados ao Sevilha e continua imparável. Zidane e Klopp conseguiram passar a mensagem certa às suas equipas que têm tido uma época de altos e baixos.

Anúncio Publicitário

É o que se pede nesta fase a eliminar da Liga dos Campeões: uma identidade que junte eficácia, atitude, compromisso e paixão. Assistimos a isso tudo no duelo entre o PSG e o Barcelona. Parisienses melhores em Barcelona, catalães melhores em Paris. No final, decidiu Mbappé, mas Messi também soltou a sua magia.

Termino com aqueles que são, na minha opinião, os grandes favoritos à vitória: Bayern de Flick e Manchester City de Guardiola. Por mais anos que passem, o Bayern prova que é o melhor clube do mundo. Chegaram SEMPRE aos Quartos de final desde 2009 e são quem melhor personifica o título desta crónica. Um clube que não inventa desculpas.

Até podemos dizer que tinha o adversário teoricamente mais fácil, mas quando chega a primeira mão, o Bayern só tinha 5(!) suplentes e antes da partida, Hansi Flick disse o seguinte: “Temos vários jogadores que vão ficar de fora, isso acontece sempre numa temporada. Nas outras equipas também acontece e por isso, eu só tenho de olhar neste momento para as coisas positivas”. As coisas positivas apareceram na goleada por 4-1 em Roma. Uma declaração que explica a identidade vencedora deste clube. Zero desculpas.

Já o City de Guardiola, esmagou por completo o Mönchengladbach e a melhor imagem da tal identidade é quando marca o 1-0 na primeira mão e grita com Gabriel Jesus para o corrigir taticamente. Perfeccionismo puro do catalão. Pep Guardiola é o treinador que mudou o futebol há mais de 10 anos e nesta eliminatória, mostrou que está em constante evolução. Rúben Dias, João Cancelo e Bernardo Silva agradecem.

Nos quartos de final vamos ter duas reedições de finais: a de Lisboa entre Bayern e PSG, e a de 2018 entre Real Madrid e Liverpool. O City de Guardiola volta à Alemanha para defrontar o Dortmund e o FC Porto vai defrontar o Chelsea. Cá estaremos para dar força e alimentar o sonho dos Dragões.

Nota final: por falar em identidade de campeões, a nossa seleção de Andebol continua a mostrar que nada é impossível. As mensagens que Paulo Jorge Pereira passa sempre que fala deviam ser ouvidas por todos. Muitos parabéns a todos os jogadores e equipa técnica… e vamos continuar a ser malucos!

Artigo de opinião de Pedro Afonso
jornalista ELEVEN


TIP BET.PT – APOSTA AQUI

OS LEÕES SEGUEM INVICTOS E COM CONFIANÇA, MAS, NA PRÓXIMA JORNADA, HÁ DUELO IMPORTANTE COM O VITÓRIA SC. QUEM VENCERÁ? SEGUE JÁ PARA A BET.PT!