5 de março de 2016. Decorria a época 2015/2016. Brian Ruiz, na segunda parte do dérbi eterno faz o mais fácil e, de baliza escancarada, empata o jogo. Os dois grandes saiem do dérbi vivos para o Campeonato, mas com os verde e brancos na liderança. Depois deste jogo, nenhum deles haveria de perder qualquer ponto e, 14 anos depois, o Sporting CP sagra-se campeão nacional.

Bruno de Carvalho e Jorge Jesus foram os mais saudados nos festejos leoninos. Depois disto, o crédito de Bruno de Carvalho e Jorge Jesus foi enorme. O Sporting fazia o bis na época seguinte, mesmo falando-se que havia um ambiente às vezes ‘estranho’ entre Presidente e teinador. E mesmo as críticas que iam surgindo do Presidente, mesmo que públicas, eram, por (quase) todos, entendidas como justas ou, pelo menos, como ‘justificáveis’.  Afinal, era o ‘Presidente campeão’ que falava.

Rui Patrício saiu por 25 milhões de euros, logo após o título no Euro 2016. Willliam por 35 milhões e Adrien Silva é actualmente, e ainda, o dono da batuta do meio campo leonino. As contas leoninas estão mais próximas das dos seus adversários directos, e para isso contribuiu de forma decisiva os milhões advindos de duas consecutivas Liga dos Campeões.

Não existiu ‘Alcochete’. Jorge Jesus não saiu para a Arábia, nem para o Flamengo. Saiu do Sporting bi-campeão, mas de costas voltadas com a direcção. Apesar de tudo, a sua terceira época fora complicada, e treinador e presidente acabaram de costas voltadas. Foi para o gigante adormecido de Londres, nada mais nada menos que o Arsenal FC de Wenger.

E todos juntos levaram mesmo o Sporting CP ao topo do futebol nacional
Fonte: Sporting CP

Rui Vitória haveria de sair do SL Benfica também no final da época 2017/2018, esse sim para um clube da Arábia. Contestado por muitos, mesmo entendendo-se que a aposta na formação era uma bandeira difícil de carregar. Já por sua vez, Sérgio Conceição, que havia vindo em 2017/2018, manter-se-ia até aos dias de hoje.

Actualmente, Bruno de Carvalho tem os adeptos leoninos divididos, porque a sua aposta para substituir Jorge Jesus, falo-vos de Leonardo Jardim,  apesar de ter sido ‘festejada’ pela maoioria dos sportinguistas, não foi uma aposta ganha. Para além disso, a sua postura tem sido muito criticada e a traquilidade de Leonardo Jardim, actual treinador leonino, que tem ‘segurado’ as pontas, parece também estar ‘por um fio’.

 

Foto de Capa: Sporting CP

Revisto por: Jorge Neves

Comentários