Mário Narciso: «Grupo de Portugal tem três equipas que podem ser campeãs do mundo»

    Portugal vai disputar o Campeonato do Mundo de Futebol de Praia. Mário Narciso e Bruno Torres fizeram a antevisão.

    Mário Narciso, selecionador nacional, e Bruno Torres, capitão, fizeram a antevisão ao primeiro jogo de Portugal no Campeonato do Mundo de Futebol de Praia, que vai ser realizado no Dubai entre dia 15 a 25 de fevereiro. O primeiro desafio será contra o México. Mário Narciso abordou objetivos e o adversário:

    «Todos nós sabemos que a cara de quem ganha não é igual à de quem perde e eu quero andar com uma cara satisfeita, por isso tenho de ganhar. Embora não tenhamos abordado muito profundamente o nosso adversário, isso será cumprido a partir de hoje, mas já falamos por alto, já sabemos aquilo que vamos encontrar. Uma equipa forte fisicamente, que tecnicamente não é ótima, mas tem bons executantes. Será um osso duro de roer, mas que nós pensamos puder ultrapassar», referiu em declarações ao Canal 11.

    Mário Narciso falou também sobre o Grupo D, em que Portugal está inserido no Mundial:

    «Um grupo difícil, como são quase todos. Temos aqui as melhores 16 equipas do mundo. Portanto, nada é fácil. Neste grupo calharam três das mais fortes, que são Portugal, Omã e Brasil. Qualquer um deles, na minha opinião, pode ser campeão do mundo».

    Quanto ao jogador, Bruno Torres sublinhou o sentimento de ser capitão de Portugal:

    «É especial, não vou negá-lo, não é algo que altere aquilo que tem sido o meu trajeto, o meu estado de espírito em todos os momentos, seja num campeonato do mundo ou noutro tipo de competição, a responsabilidade em representar o meu país é a mesma, independente da circunstância e independente de ter a braçadeira no braço».

    Bruno Torres não subestima o México e afirma que «não existem equipas fáceis» no Mundial, no qual irão encontrar dificuldades. Além disso, tem ambição e anseia que Portugal faça um grande Campeonato do Mundo.

    Nesta primeira fase do Mundial, Portugal vai enfrentar o México (dia 16 de fevereiro), Brasil (18 de fevereiro) e Omã (20 de fevereiro), sendo que os dois primeiros apuram-se para os quatros de final, cruzando-se com o Grupo C de Senegal, Bielorrússia, Colômbia e Japão.

    Sabe mais sobre o nosso projeto e segue-nos no Whatsapp!

    Bola na Rede é um órgão de comunicação social de Desporto, vencedor do prémio CNID de 2023 para melhor jornal online do ano. Nasceu há mais de uma década, na Escola Superior de Comunicação Social e em forma de programa de rádio.

    Desde então, procura ser uma referência na área do jornalismo desportivo e de dar a melhor informação e opinião sobre desporto nacional e internacional. Queremos também fazer cobertura de jogos e eventos desportivos em Portugal continental, Açores e Madeira.

    Podes saber tudo sobre a atualidade desportiva com os nossos Última Hora e não te esqueças de subscrever as notificações!

    A 28 de outubro de 2019, avançámos também com introdução dos programas em direto, através do canal BOLA NA REDE TV, no Youtube.

    Além destes diretos, temos também muita informação através das nossas redes sociais e em vários modelos de podcasts.

    Se quiseres saber mais sobre o projeto, dar uma sugestão ou até enviar a tua candidatura, envia-nos um e-mail para [email protected]. Desta forma, a bola está do teu lado e nós contamos contigo!

    - Advertisement -

    Subscreve!

    PUB

    spot_img

    Artigos Populares

    Diogo Lagos Reis
    Diogo Lagos Reishttp://www.bolanarede.pt
    Desde pequeno que o desporto lhe corre nas veias. Foi jogador de futsal, futebol e mais tarde tornou-se um dos poucos atletas de Futebol Freestyle, alcançando oficialmente o Top 8 de Portugal. Depois de ter estudado na Universidade Católica e tirado mestrado em Barcelona, o Diogo está a seguir uma carreira na área do jornalismo desportivo, sendo o futebol a sua verdadeira paixão.