Anterior1 de 5Próximo

entrevistas bola na rede

Pepa é o mais recente entrevistado do Bola na Rede. O treinador abordou o seu despedimento do CD Feirense, as suas ambições mas também recordou os momentos que passou com a camisola do SL Benfica e a lesão que o afastou do relvado.
Bola na Rede: A sua saída do CD Feirense surpreendeu o mundo do futebol. Falou-se em problemas com a direcção. Como explica a sua saída?

Pepa: Não tive problemas com ninguém, antes pelo contrário. Apenas não posso controlar as decisões de quem manda. Apenas controlo o meu trabalho diário e aquilo que posso ou não fazer. Fui apanhado de surpresa e custou-me bastante. Mas é futebol, como se costuma dizer. Mas volto a reforçar que jamais tive qualquer problema nos dez meses de trabalho.

BnR: Esperava estar a lutar pela subida no primeiro ano à frente do CD Feirense?

Pepa: O objectivo era lutar para subir no segundo ano, mas nunca tive dúvidas de que iríamos conseguir surpreender já no primeiro ano e aliar a esse objectivo um futebol organizado e com grande mobilidade no processo ofensivo. A minha única dúvida era se seriamos campeões ou se subíamos em segundo.

Pepa enquanto treinador do Feirense
Pepa enquanto treinador do CD Feirense
Fonte: CD Feirense

BnR: O que o levou a assinar pelo CD Feirense?

Pepa: A grandeza do clube, as condições que oferecem aos seus profissionais e todo o seu historial no futebol.

BnR: A Segunda Liga é conhecida pela grande competitividade. Qual é que acha que é o seu segredo?

Pepa: Equilíbrio emocional de todos os intervenientes no processo, desde equipa técnica, jogadores, staff e toda a estrutura do futebol. Existem sempre ciclos menos positivos e é importante estarem todos cientes disso e acreditarem no trabalho. Depois é a qualidade do trabalho diário, a exigência e ter um plantel com qualidade e quantidade equitativa para o grande volume de jogos que existe nesta segunda liga.

BnR: Há bons talentos na Segunda Liga?

Pepa: Sem dúvida! Há jogadores que seriam mais-valias na Primeira Liga. Até porque na Primeira Liga conseguem ter mais espaço, e espaço no futebol é tempo e isso no futebol é a capacidade para poder decidir melhor e definir melhor todas as opções.

Anterior1 de 5Próximo

Comentários