Anterior1 de 2Próximo

entrevistas bola na rede

 

André Fialho (8-0) volta a combater na Bellator este fim-de-semana, de dia 3 para 4 de Dezembro, às 02h00 da madrugada. Pela primeira vez, o combate será transmitido em directo. O adversário será Chidi Njokuani (15-4), o qual André considera ser “melhor do que todos” contra quem já lutou até agora.

Bola na Rede: Finalmente, a SIC Radical vai transmitir o teu combate em directo. Qual é a sensação?

André Fialho: É um sentimento muito especial saber que Portugal vai estar a assistir. Claro que fiquei muito contente, estou bastante grato. Algo vai ficar na história: acho que é a primeira vez que vão passar em direto um combate internacional onde um português luta… Estamos a caminhar para fazer história mais uma vez.

BnR: Há seis meses disseste que San José não se comparava nada a Portugal. Seis meses depois, como te sentes aí?

AF: Começo a conhecer melhor isto. Tal como disse na altura, a Califórnia tem coisas boas e as minhas condições de vida estão a melhorar, estou a poder começar a aproveitar um pouco. Mas continua sem se comparar a Portugal. Nada tem a ver com o paraíso que é Portugal.

BnR: Como está a correr o campo de treino?

AF: Correu bem. Tive umas pequenas lesõezitas, não pude fazer contacto durante a maior parte do campo, mas correu bem.

No seu último combate, Fialho venceu Rick Reger por KO no primeiro round Fonte: Facebook Oficial de André Fialho
No seu último combate, Fialho venceu Rick Reger por KO no primeiro round
Fonte: Facebook Oficial de André Fialho

BnR: A recente lesão do Daniel Cormier, que fez com que tivesse de ser retirado do cartaz do UFC 206, levou a que, novamente, surgissem muitas críticas à AKA, devido à quantidade de atletas que se lesionam. Porque é que achas que isso acontece?

AF: Existem uma data de lesões. Eu acredito que aconteça porque o nível é bastante alto, somos todos competitivos e às vezes puxamos mais do que devemos. Fazemos bastante contacto, talvez seja por isso. Mas acho que é mais coincidência ter havido tantas lesões e ter acontecido tantas vezes no nosso ginásio.

BnR: Como está a correr o corte de peso?

AF: Eu perco cerca de 10 kg. Normalmente tenho 87 kg, às vezes tenho 90, mas tento-me manter nos 87. Agora estou por volta dos 84… Agora devo estar com menos, hoje devo estar para aí com 82. Devo ter 5 kg para perder esta semana, por isso está ótimo. [As pesagens decorreram dia 2, às 22h de Portugal]

BnR: Sobre o Chidi Njokuani – que problemas achas que te pode trazer?

AF: O Chidi é um grande lutador, melhor do que todos contra quem eu já lutei. Vai ser um bom teste. Ele é bastante grande, tem bom reach, é muito bom de pernas, o que pode ser o que me vai dar problemas. Mas, como já disse, eu acredito que estou noutro nível e vou prová-lo sábado à noite.

BnR: Não temos visto muito do teu jogo de chão nos dois combates na Bellator, até porque foram bastante curtos. Este combate não será uma boa oportunidade para o fazer?

AF: Se vir oportunidade, talvez leve o combate para o chão, sim senhor. Talvez vejam algo de novo nesta luta (risos).

Anterior1 de 2Próximo

Comentários