Anúncio Publicitário

CONVOCADOS (lista de 25 jogadores)

Guarda-Redes: David de Gea (Manchester United), Iker Casillas (F.C. Porto), Sergio Rico (Sevilla F.C.)

Defesas: Sergio Ramos (Real Madrid C.F.), Gerard Piqué (F.C. Barcelona), Marc Bartra (F.C. Barcelona), Jordi Alba (F.C. Barcelona); Juanfran (Atlético de Madrid); Daniel Carvajal (Real Madrid C.F.), César Azpilicueta (Chelsea F.C.)

Anúncio Publicitário

Médios: Sergio Busquets (F.C. Barcelona), Mikel San José (Athletic Bilbao), Bruno Soriano (Villarreal C.F.), Cesc Fàbregas (Chelsea F.C.), Thiago Alcântara (Bayern de Munique), Koke Ressurrección (Atlético de Madrid), Saúl Ñiguez (Atlético de Madrid), Andrés Iniesta (F.C. Barcelona), Isco Alarcón (Real Madrid C.F.).

Avançados: David Silva (Manchester City F.C.), Pedro Rodríguez (Chelsea F.C.), Nolito (Celta de Vigo), Lucas Vázquez (Real Madrid C.F.), Álvaro Morata (Juventus F.C.), Aritz Aduriz (Athletic Bilbao).

As principais surpresas na lista de Del Bosque são Lucas Vázquez, que nunca havia sido convocado, e Saúl Ñiguez que, já tendo sido convocado por uma vez, nunca se chegou a estrear com a camisola da seleção. No meio campo, San José e Bruno Soriano deverão competir para ver quem ficará como suplente de Busquets e, na frente, Aduriz, aos 35 anos e acabado de fazer a melhor época da sua carreira, consegiu mesmo convencer Del Bosque, algo que meia Espanha já pedia há muito tempo.

Por outro lado, Diego Costa nunca caiu no goto dos adeptos espanhóis e Del Bosque fez-lhes, finalmente, a vontade, deixando-o fora da convocatória, assim como a Paco Alcácer, que esteve sempre presente durante a qualificação. Também surpreendentes são as ausências de Mata e Cazorla, que fazem parte do grupo de habituais convocados. Um caso diferente é o de Fernando Torres, que não integra nenhuma convocatória desde o Mundial do Brasil, mas que, ainda assim, alimentou alguma esperança de ir ao Europeu, após um final de época em grande forma.

Anúncio Publicitário