Numa altura em que se começam a tomar as grandes decisões em relação à consagração do título, a 20.ª jornada do Girabola’18 disputou-se no fim-de-semana dos dias 30 de junho e 1 de julho, e, como tem vindo a ser habitual, foi mais uma ronda repleta de ação e com alguns resultados surpreendentes.

O jogo grande da jornada opôs frente-a-frente dois crónicos candidatos ao título: Kabuscorp do Palanca e 1.º de Agosto. A jogar perante o seu público, os homens do bairro do Palanca queriam aproveitar o momento menos bom do líder da prova, que tinha empatado os seus últimos cinco jogos.

A expetativa era de se assistir a um encontro pautado pelo equilíbrio, mas os visitantes tinham outra ideia no pensamento e deram uma resposta em grande: venceram por cinco golos sem resposta – marcaram Massunguna, Mongo, Geraldo e Jacques (bis). Assim, o 1.º Agosto mantém-se no topo com 38 pontos conquistados, ao passo que o Kabuscorp está no nono lugar e muito longe dos lugares cimeiros da classificação.

Jacques foi a figura do jogo Kabuscorp vs 1.º Agosto, com um bis
Fonte: 1.º de Agosto

Após ter conseguido igualar o líder em número de pontos nas duas últimas jornadas, o Petro voltou a atrasar-se na corrida pelo título. Na visita ao terreno da Académica do Lobito, o conjunto petrolífero não conseguiu desenvencilhar-se do nulo no marcador durante os 90 minutos, trazendo de Benguela apenas um ponto. Com este resultado, o Petro está no segundo lugar, e a dois pontos do líder.

O Interclube continua a comprometer as suas hipóteses de se intrometer na luta pelo título. Nesta ronda, o clube treinado por Paulo Torres empatou a zero golos na ida à casa do Progresso do Sambizanga. Os “Polícias” têm estado uns furos abaixo do que mostraram na primeira volta, e por consequência dessa quebra de forma, estão já a sete pontos do topo da classificação.

O Recreativo do Libolo perdeu o seu encontro. Diante do Sporting de Cabinda, a turma libolense não mostrou grandes argumentos para vencer fora o seu adversário, e sucumbiu a uma derrota por 2-0. O triunfo permitiu à equipa de Cabinda ultrapassar o Libolo na classificação, estando agora no sexto lugar com 25 pontos, sendo que o conjunto do Calulo está no oitavo lugar.

Nos outros encontros, o Bravos do Maquis venceu o Domant por 3-2, o Desportivo da Huíla ganhou fora ao 1.º de Maio de Benguela pela margem mínima e houve um empate a um golo entre FC Casa Militar e Sagrada Esperança.

Em conclusão, já podemos antever que a luta pelo título será entre os dois rivais de Luanda, uma vez que estão lado a lado no topo, e não parece haver uma equipa que seja capaz de se meter nesta corrida a dois. Mas quem será o campeão do Girabola’18? Isso iremos descobrir nas próximas jornadas certamente!

Foto de Capa: 1.º de Agosto

Artigo revisto por: Jorge Neves

Comentários