Cabeçalho Futebol Internacional

Terminado o primeiro terço do campeonato, a conclusão que se poderá retirar das onze jornadas já realizadas é a manutenção da tendência dos 4 clubes favoritos à conquista do troféu de campeão angolano estarem desde o início nos lugares cimeiros da classificação, embora este ano haja uma equipa que parece estar com intenções de se intrometer nessa acesa luta – 1.º de Agosto, Petro de Luanda, Kabuscorp e Recreativo do Libolo já se encontram nos primeiros postos da tabela, juntamente com a equipa-surpresa da prova até ao momento: o Sagrada Esperança.

Ora, a equipa do Dundo já conta com 25 pontos conquistados – fruto de 8 vitórias, 1 empate e 2 derrotas, e é um dos líderes do Girabola, juntamente com o Kabuscorp e Petro de Luanda, ambos com o mesmo número de pontos. Apontados a um lugar no meio da tabela, o conjunto treinado pelo turco Ekrem Asma tem vindo a ter prestações bastante positivas, prova disso mesmo foi a vitória sobre o campeão 1.º de Agosto por 1-0 em casa na 7.ª jornada. Sendo um dos melhores ataques da competição, com 19 golos marcados, o Sagrada Esperança bateu esta jornada fora o 1.º de Maio de Benguela por 2-4, repetindo o mesmo resultado aquando da sua visita à casa do Académica do Lobito. Se conseguirem manter esta performance durante o segundo terço da prova, poderão estar confiantes em terminar numa posição honrosa e inédita na sua história.

O jogo grande da 11.ª jornada opôs frente a frente o Rec. Libolo frente ao 1.º de Agosto. No Calulo, as duas últimas equipas disputaram uma frenética partida e de vencedor incerto. O jogo terminou com um 2-2, mas os Libolenses ficaram com queixas da equipa de arbitragem, pois, nos últimos minutos do encontro, o árbitro principal não assinalou uma grande penalidade a seu favor. Com este resultado, o Libolo está no 5º lugar com 17 pontos totalizados e 3 jogos em atraso, ao passo que o 1.º de Agosto, que ocupava o 1º posto da classificação até à recente jornada, foi ultrapassado pelas equipas do Sagrada Esperança, Kabuscorp e Petro de Luanda.

Os outros dois favoritos a conquistar o título de campeão, Kabuscorp e Petro de Luanda, venceram ambos tangencialmente os seus respetivos jogos este fim-de-semana. Em mais um derby da capital angolana, a equipa do bairro do Palanca voltou a vencer após três empates seguidos nas jornadas anteriores, e bateu o ASA por 1-2, com congolês Jacques a fazer o primeiro golo dos visitantes e o seu sétimo golo na edição de 2017 do Girabola, assumindo para já a liderança do marcadores.

Anúncio Publicitário
Jacques (ao centro) tem estado em destaque ao serviço do Kabuscorp Fonte: Angop
Jacques (ao centro) tem estado em destaque ao serviço do Kabuscorp
Fonte: Angop

 

O Petro de Luanda, apesar do forte domínio exercido sobre o adversário no jogo todo, venceu apenas por 1-0 o Desportivo da Huíla, num jogo em que o treinador brasileiro Beto Bianchi, que desempenha também a função de Selecionador dos Palancas Negras, ainda não pôde contar com o seu goleador Tiago Azulão, avançado brasileiro de 29 anos com 6 golos apontados, que se encontra lesionado. Os dois rivais nesta altura têm os mesmos pontos amealhados (25), contudo já se encontraram esta época: na 6.ª jornada, o Kabuscorp foi mais forte e bateu o Petro por 2-1.

Na última parte da tabela, encontram-se as equipas JGM do Huambo e Santa Rita de Cássia, com 7 pontos conquistados. Relativamente à equipa do Santa Rita, perdeu em casa esta jornada por 1-2 frente ao Bravos do Maquis. Este resultado acabou por conduzir ao abandono do português Sérgio Traguil do comando técnico, após uma série de 8 jogos consecutivos sem vencer e algumas desavenças com a administração do clube. O clube estreante no Girabola ainda vai a tempo de sair dos últimos lugares, caso consiga inverter o atual cenário negativo de jogos sem conhecer o sabor da vitória.

As 19 jornadas que faltam jogar, a julgar pelo 1.º terço do campeonato, certamente serão bastante equilibradas e incertas em relação aos vencedores de cada jogo. Um forte motivo para continuar a acompanhar o Girabola, de forma frenética e apaixonada!

 Foto de capa: opais.co.au