Depois dos casos administrativos que mancharam o início da edição 2019/20 do Girabola Zap, a 2ª jornada trouxe mais “gira” bola, devolvendo maior dimensão a festa futebolística nacional, com o 1º de Agosto a receber e vencer (2-0) o Desportivo da Huíla, em jogo de antecipação, na passada terça-feira.

Com o 1º de Maio de Benguela e Santa Rita de Cássia aptos a participar na competição, após cumprimento de questões financeiras junto da Federação Angolana de Futebol (FAF) que os impediu de efectuarem os jogos na 1ª jornada e consequentes derrotas administrativas, os campeões nacionais, em jogo de antecipação devido o envolvimento na Liga dos Clubes Campeões de África, venceram o Desportivo da Huíla, num jogo em que os “rubro-negros” liderados pelo jovem Zito Luvumbo, autor do primeiro golo (26′) e o camaronês Lionel Yombi, de penálti (36′), depois de uma falta sob Zito. Apesar da vantagem do 1º de Agosto, os huilanos dificultaram ao máximo a vitória dos anfitriões, tendo, inclusive, colocado duas bolas ao poste da baliza de Tony Cabaça, a última das quais aos 85 minutos.

No derby do leste de Angola, o Bravos do Maquis com golo solitário do atacante Miguel Bengui, aos 73 minutos, derrotou sábado, no estádio Mundunduleno, o Sagrada Esperança, ao passo que o Wiliete de Benguela que na jornada inicial forçou um surpreendente empate com o histórico Petro de Luanda, perdeu (2-0) no Estádio Municipal de Calulo, diante do Recreativo do Libolo, com golos do brasileiro Leandro Love, aos 39′, de penalti, e Liliano Pedro aos 87′. No Estádio 22 de Junho, Rocha Pinto, em Luanda, com  “hattrick” do médio Mano Calesso (41′ 83′ e 88′), o Interclube derrotou (3-0), o estreante Ferrovia do Huambo, redimindo-se da derrota sofrida na primeira ronda frente ao Sagrada Esperança, por 1-4.

Fonte: Claque Magazine

No seguimento da jornada, domingo, a Académica do Lobito que não realizou o jogo frente o 1º de Maio de Benguela, referente a 1ª jornada, por responsabilidades administrativas atribuídas aos “proletários”, venceu (3-0) o Sporting de Cabinda, com golos de Lindala (24´), Além (71´) e Geovani (82´), num jogo em que os Leões estiveram longe da exibição da 1ª jornada, em que venceram em casa o Recreativo do Libolo, por 3-1. No Huambo, o Recreativo da Caála venceu com golo solitário de Paizinho, o 1º Maio Benguela, ao passo que no estádio dos Eucaliptos, no Cuito, o Cuando Cubango FC empatou (1-1), frente o Santa Rita de Cássia do Uíge, com golo dos caseiros apontado por Paulucho, aos 48´, na marcação de um penálti, beneficiando-se de uma falta sobre Nandinho dentro da grande área. Porém, os Católicos empataram no lance a seguir, também de penálti, por intermédio de Filipe.

Com o Recreativo da Caála e a Académica do Lobito na liderança, ambas com 6 pontos, beneficiando-se das vitórias administrativas obtidas na primeira jornada. A jornada fica completa em data anunciar, quando o Petro de Luanda receber o Progresso do Sambizanga, depois de verem o jogo remarcado, quando inicialmente esteve agendado para o dia 29 de Agosto.

Foto de Capa: Claque Magazine

Comentários