SITE TEMPORÁRIO

19 de Janeiro, 2022

Atlético de Madrid 1-1 FC Barcelona: Armada de Simeone tira primeiros pontos ao Barça

Cabeçalho Liga Espanhola

O Wanda Metropolitano, nova casa do Atlético de Madrid, recebia este primeiro grande clássico de ‘La Liga’.

Frente a frente os ‘Colchoneros’ de Simeone e o líder invicto, Barcelona, orientado por Ernesto Valverde.

A ótima ocupação dos espaços na defesa são grandes qualidades da equipa da capital, sustentada na enérgica liderança de ‘El Cholo’ e foi mesmo a equipa da casa quem entrou melhor na partida.

Aos 8 e aos 9 minutos, Griezmann avisou para o que vinha, colocando em sentido Ter Stegen. O guardião alemão já não conseguiria parar a terceira tentativa de golo do Atlético, um remate de Saúl à entrada da área (21’), bem junto do poste esquerdo, sem hipótese. Uma jogada objetiva e muito bem construída pela armada qual exército de Simeone.

Ao intervalo, a posse de bola era muita para o Barcelona, mas os ‘blaugrana’ quase nunca remataram, uma vez que estavam com muitas dificuldades para furar o bloco contrário.

A etapa complementar já foi distinta e deu destaque a dois atletas de cada lado: Jan Oblak e Luis Suárez.

Se na etapa inicial, o ‘Atleti’ foi mais perigoso no ataque, para a segunda parte, apenas um remate de Griezmann, aos 53 minutos, se conta como produção ofensiva.

Jan Oblak foi adiando o golo catalão na segunda parte com uma boa mão cheia de intervenções fulcrais. Fonte: La Liga
Jan Oblak foi adiando o golo catalão na segunda parte com uma boa mão cheia de intervenções fulcrais
Fonte: La Liga

Suárez, avançado uruguaio do Barcelona, começou a contracenar um filme em forma de duelo com o guarda-redes esloveno Oblak. O primeiro ato decorreu ao minuto 56, chuto de fora da área e defesa do guardião. No minuto seguinte, de livre, Messi acerta no poste.

Aos 65’ e 71’, o astro argentino, número 10 do Barça, tentou por mais duas vezes o empate, bem como o central francês Umtiti (77’).

Mas eis que se voltou ao filme anteriormente aludido. Jan Oblak foi adiando o golo, mas Suárez conseguiu-o mesmo. Se, primeiro, na cara do esloveno (80’) viu-o impedi-lo mais uma vez, dois minutos depois, na sequência de um cruzamento de Sergi Roberto, o 9 empatou para o líder do campeonato, que, assim, perde, ao oitavo jogo, os primeiros pontos no campeonato.

No último minuto do jogo, Lionel Messi, num livre frontal, tentou o golo da vitória, mas Oblak encaixou-o.

Um Atlético de Madrid mais perigoso no ataque e impenetrável defensivamente na primeira parte, conjugado com um Barcelona cada vez mais clínico no ataque na etapa complementar conferem contornos de justiça ao resultado final.

O Real Madrid está mais perto…agora, no segundo lugar, a 5 pontos do Barça.