logo-BnR.png

ÚLTIMA HORA:

Tempo de Reflexão

Vergado perante um AFC Ajax de nível superior, o Real Madrid caiu novamente com estrondo no Bernabéu. São quatro derrotas consecutivas em casa (!) e uma ausência absurda de identidade numa equipa que é tricampeã europeia e uma das maiores potências do desporto mundial.

Trata-se do fim de uma era que começou pouco antes de Cristiano Ronaldo chegar a Madrid e que acaba agora sem ele. O modelo de Florentino faliu e pedem-se medidas imediatas para reparar todos os danos causados pela péssima preparação desta temporada. Numa só época, o Real Madrid conseguiu vender o melhor jogador da equipa, que era também o melhor do mundo, encostou o guarda-redes titular, que era também o dono da baliza das três equipas que venceram a Liga dos Campeões, e, claro, perdeu também Zidane, que foi o obreiro das três conquistas europeias.

Ainda causa estranheza não ver Cristiano Ronaldo na equipa merengue
Fonte: Real Madrid CF

Ora, perante todas estas perdas, o Real Madrid reforçou-se mal, escolheu sucessores sem nível para o posto de Zidane, e não soube encontrar soluções para a saída de CR7. Os resultados estão à vista e numa semana tudo se desmoronou. Já não há Liga dos Campeões, nem Taça do Rei, e o campeonato já é uma miragem.

Por estar arredado de tudo tão cedo, Florentino Pérez tem tempo de sobra para idealizar o que quer para a próxima temporada do Real Madrid: se quer continuar a retocar um plantel cada vez mais moribundo ou se quer cortar o mal pela raíz e reformular por completo a identidade do projeto merengue. Por tudo o que se tem visto, claro que a segunda opção parece ser o melhor caminho a tomar. Mas, antes de se pensar em jogadores, deve-se pensar no modelo estratégico que vai ser usado e em quem será capaz de pegar num projeto que tem tanto de arriscado como de aliciante.

Os nomes José Mourinho e Mauricio Pochettino parecem ser os que estão melhor colocados. Cada um tem um estilo e uma abordagem diferente. Caberá a Florentino Pérez pensar no que terá mais capacidade para gerir egos, reconstruir uma equipa e criar uma identidade nova num clube que está habituado a ganhar sempre.

Foto de Capa: Real Madrid CF

O Mário é o fundador do Bola na Rede e a pessoa que (tenta) colocar ordem na malta. Adora quase todas as vertentes do desporto (talvez só não goste mesmo de cricket). Já pensou em ser treinador de futebol por causa de José Mourinho, mas, infelizmente, a coisa não avançou e preferiu dedicar-se a outras área dentro do mundo desportivo.

O Mário é o fundador do Bola na Rede e a pessoa que (tenta) colocar ordem na malta. Adora quase todas as vertentes do desporto (talvez só não goste mesmo de cricket). Já pensou em ser treinador de futebol por causa de José Mourinho, mas, infelizmente, a coisa não avançou e preferiu dedicar-se a outras área dentro do mundo desportivo.

[my_elementor_post_nav_output]

FC PORTO vs CD TONDELA