Anúncio Publicitário

A última década na esfera futebolística, em termos monetários, foi marcada por volumosos investimentos em jogadores que redefiniram por completo o mercado de transferências. Milhões e milhões de euros viajaram de cofre em cofre, com os grandes clubes europeus à cabeça desses gastos astronómicos.

A Liga Inglesa foi – e continua a ser – um dos expoentes máximos desse novo padrão de negócios no futebol mundial, com os grandes clubes britânicos – como Manchester City FC, Manchester United FC, Chelsea FC e Liverpool FC – a abrirem os cordões à bolsa de ano para ano, de modo a garantir os melhores jogadores ao redor do globo. E como muitos milhões gastos num único jogador nem sempre são garantia de qualidade indubitável, na lista que se segue ficam algumas das contratações dos últimos 10 anos que se provaram verdadeiras pechinchas em terras de sua majestade.

Anúncio Publicitário
Anúncio Publicitário