ÚLTIMA HORA:

Boxing Day

Um “Boxing Day” a meio gás, mas pleno de emoção como manda a tradição

Seis jogos, 28 golos! Um “Boxing Day” como manda a tradição, com emoção sempre garantida naquele que é considerado, por muitos, o melhor campeonato do mundo.

Podiam ter sido nove jogos, mas o aumento de casos de Covid-19 em alguns plantéis levou ao adiamento de três deles (Liverpool FC x Leeds United FC, Wolverhampton Wanderers FC x Watford FC e Burnley FC x Everton FC), deixando que um dia marcante no futebol inglês ficasse a meio gás. Mas atenção, só nesse aspeto. Houve golos para todos os gostos!

No Etihad Stadium, a amostra não podia ter sido melhor. Foram nove os golos marcados e com uma sensação de surpresa…que não chegou a acontecer. O Manchester City FC protagonizou um início de jogo avassalador, de tal forma que aos 25 minutosjá vencia o Leicester City FC por 4-0, com golos de Kevin de Bruyne, Gündogan, Mahrez e Sterling – estes dois últimos através de penáltis cometidos por Tielemans.

O jogo parecia resolvido, mas os Foxes tiveram uma reação soberba no segundo tempo e precisaram apenas de dez minutos para reduzir para 4-3, por intermédio de Maddison, Lookman e Iheanacho. Começavam a soar os alarmes, porém, duas bolas paradas bem aproveitadas por Laporte e Sterling travaram as aspirações do adversário (ainda longe dos lugares europeus) e deixam os citizens seguros no topo da classificação.

 

De um jogo com nove golos, passamos para um com cinco. O Arsenal FC deslocou-se ao reduto do lanterna vermelha Norwich City FC e aplicou “chapa 5” neste “Boxing Day”, sem direito a resposta. Um bis de Saka e os golos de Tierney, Lacazette (penálti) e Smith Rowe foram suficientes para os Gunners cimentarem o quarto lugar, apesar de terem mais três jogos por comparação aos rivais diretos, enquanto o Norwich continua sem marcar golos no mês de dezembro.

Mantemo-nos na fasquia dos cinco golos e olhamos agora para a surpreendente derrota do West Ham United FC diante do Southampton FC (2-3). Num jogo ao estilo de “ping pong”, os Hammers conseguiram restabelecer a igualdade por duas vezes, através de Michail Antonio e Benrahma, mas isso não foi suficiente para travar os festejos visitantes por três ocasiões (golos de Elyounoussi, Ward-Prowse e Bednarek), marcando o regresso do Southampton aos triunfos seis jogos depois.

Também em Londres, o Tottenham Hotspur FC bateu o Crystal Palace FC por 3-0 e assumiu provisoriamente o quinto posto, anteriormente ocupado por, imagine-se…West Ham. O encontro ficou marcado pela expulsão de Zaha aos 37 minutos, numa altura em que Kane e Lucas Moura já tinham mexido com o marcador, restando apenas que Son, o outro elemento do trio da frente, fechasse as contas no segundo tempo.

 

Mais tarde, o Chelsea FC precisou de uma reviravolta para vencer no reduto do Aston Villa FC por 1-3. Reece James teve a infelicidade de marcar na sua própria baliza, mas o espírito coletivo dos Blues não tardou em contrariar esse “azar”. Jorginho empatou de penálti, Lukaku deu a volta e, já ao cair do pano, Lukaku arrancou uma grande penalidade que seria novamente convertida por Jorginho. Um resultado que permite aos londrinos encostar-se novamente ao Liverpool no segundo lugar e que põe termo à série de seis jogos sem perder dos Villans.

Por fim, o jogo com menos golos neste “Boxing Day”, mas nem por isso com pouco para contar. O Brighton & Hove Albion venceu por 2-0 na receção ao Brentford FC e regressou aos triunfos três meses depois. Trossard abriu o ativo e Maupay fixou o resultado final ainda antes do intervalo, num desfecho que assinala também a ultrapassagem dos Seagulls aos Bees, saltando agora para a primeira metade da classificação da Liga Inglesa.

E assim encerrou um domingo recheado de bom futebol. Goleadas, ultrapassagens, mexidas provisórias em zona europeia e, essencialmente, muito espetáculo dentro das quatro linhas. O último jogo da 19ª jornada (Newcastle United FC x Manchester United FC) está reservado para esta segunda-feira.

Componente 5 – 1 (1)

Já com uma licenciatura em Comunicação Social na bagagem, o Miguel é aluno do mestrado em Jornalismo e Comunicação, na Universidade de Coimbra. Apaixonado por futebol desde tenra idade, procura conciliar o melhor dos dois mundos: a escrita e o desporto.                                                                                                                                                 O Miguel escreve ao abrigo do novo Acordo Ortográfico.

Já com uma licenciatura em Comunicação Social na bagagem, o Miguel é aluno do mestrado em Jornalismo e Comunicação, na Universidade de Coimbra. Apaixonado por futebol desde tenra idade, procura conciliar o melhor dos dois mundos: a escrita e o desporto.                                                                                                                                                 O Miguel escreve ao abrigo do novo Acordo Ortográfico.

[my_elementor_post_nav_output]

FC PORTO vs CD TONDELA

  • 00DIAS
  • 00HORAS
  • 00MINUTOS
  • 00SEGUNDOS
FC PORTO x ESTORIL PRAIA
SPORTING CP x SANTA CLARA
PAÇOS FERREIRA x SL BENFICA