logo-BnR.png

ÚLTIMA HORA:

Manchester City

Manchester City FC x Tottenham Hotspur FC: A “missão impossível” de Conte

Liga Inglesa: sábado, 17h30, 18 de fevereiro de 2022 

ANTEVISÃO: UM CITY EM ALTA CONTRA UM TOTTENHAM COMBALIDO

Na ressaca da goleada frente ao Sporting CP, o Manchester City FC volta à Liga inglesa para a receção ao Tottenham Hotspur FC. Em Alvalade, o poderio dos homens de Guardiola foi tal que ficou a sensação de que estamos perante uma equipa perfeita e praticamente imbatível.

OS CITIZENS PODEM CONTINUAR A VENCER, DEPOIS DA GOLEADA EM ALVALADE. SERÁ QUE A TURMA DE CONTE VAI TER UMA PALAVRA A DIZER? APOSTA JÁ NA BWIN.PT!

Se, por um lado, as diferenças entre a liga portuguesa e inglesa ficaram bem espelhadas na passada terça-feira, há que dizer que, mesmo em Inglaterra, os “citizens” têm estado num campeonato à parte. O Liverpool FC – a nove pontos, com um jogo a menos – parece ser o único concorrente capaz de ameaçar a liderança.

No entanto, já houve algumas “escorregadelas” no percurso do City, como provam os dois empates diante do Southampton FC, a derrota no terreno do Crystal Palace e o desaire no jogo da primeira volta… Frente ao Tottenham.

Recorde-se que, antes de ser despedido, Nuno Espírito Santo ganhou um prémio de “melhor treinador do mês”, depois de três triunfos nas três primeiras jornadas, um deles frente ao Manchester City. Estávamos a 15 de agosto e um golo solitário de Heung-Min Son foi suficiente para dar os três pontos aos Spurs.

Muito mudou desde então. O City encarreirou e lidera o campeonato, com 63 pontos. O Tottenham descarrilou ainda cedo, mudou de treinador, e está no sétimo posto, com 36 pontos.

Conseguirá Conte repetir a proeza de Nuno? Atrevo-me a dizer que é pouco provável. O Manchester City de agosto estava a anos-luz do nível atual. A pré-época tinha sido curta e pairava pelo clube o fantasma da final do Dragão meses antes.

Tudo isso parece agora ultrapassado e Guardiola recuperou fórmulas de épocas anteriores para devolver a equipa à sua melhor forma. A começar com os portugueses Bernardo Silva e João Cancelo, o City é umas das equipas em melhor forma do futebol europeu.

Por outro lado, Antonio Conte ainda não encontrou a receita para fazer este Tottenham jogar. Na verdade, Pochetinno terá sido o último a consegui-lo. Bentancur e Kulusevski chegaram no mercado de Inverno, mas o técnico italiano já disse que “ficou a perder” porque “saíram quatro jogadores [referindo-se a Lo Celso, Ndombele, Dele Alli e Bryan Gil] e só entraram dois”.

Com três derrotas consecutivas no campeonato, os ‘Spurs’ parecem, de facto, precisar de bem mais do que dois reforços para voltar a lutar pelo top-4. A julgar pela diferença atual entre as duas equipas, não parece que vai ser este fim-de-semana que os londrinos voltem aos bons resultados.

 

10 DADOS RÁPIDOS

  1. O duelo deste sábado é o número 166 entre as duas equipas.
  2. O primeiro confronto remonta a 1909: Manchester City 3-4 Tottenham.
  3. O saldo quase não podia ser mais equilibrado: 65 vitórias do Manchester City, contra 64 do Tottenham.
  4. Olhando apenas aos jogos em Manchester, o City tem vantagem clara: 44 vitórias, contra 23 dos Spurs.
  5. Nos últimos nove jogos entre os dois clubes, a equipa visitante nunca venceu.
  6. A última vitória do Tottenham no Ethiad foi em 2015/2016. Golos de Kane e Eriksen para os visitantes e Iheanacho para os homens da casa.
  7. Em 2013/2014 o jogo terminou com a maior goleada de sempre entre as duas formações: 6-0 impostos pelo Manchester City.
  8. Desde que chegou a Ingalerra, o Tottenham tem sido dos adversários menos apetecíveis para Pep Guardiola: cinco derrotas, em 14 jogos.
  9. Já Conte defrontou o City em quatro ocasiões… Sempre contra Guardiola, com saldo de duas vitórias e duas derrotas.
  10. Como jogadores, Conte e Guardiola defrontaram-se por duas vezes: num Itália 2-1 Espanha no Mundial 1994 e num Juventus 2-1 Brescia Calcio em 2002/2003.

 

JOGADORES A TER EM CONTA

Fonte: Carlos Silva / Bola na Rede

Bernardo Silva – O internacional português atravessa, provavelmente, a melhor época com a camisola do City (e não é que as outras tenham sido más). Fundamental no meio-campo de Guardiola, voltou aos golos frente ao Sporting e vai, direta ou indiretamente, ser uma séria ameaça à baliza de Lloris.

 

Hugo Lloris – Não é exagero dizer que o francês vai ter de estar no seu melhor, se o Tottenham quiser levar alguma coisa deste jogo. Os Spurs sofreram sete golos nos últimos três jogos para o campeonato e vai ser um desafio não acrescentar dígitos a esse saldo.

 

XI’S PROVÁVEIS

Manchester City FC: Ederson; Cancelo, Rúben Dias, Stones, Zinchenko; Rodri, De Bruyne, Bernardo Silva; Mahrez, Sterling, Foden.

Treinador: Pep Guardiola

“O facto de o Tottenham vir de três derrotas seguidas torna-os mais difíceis de bater. Eles têm muitas armas, muita qualidade”.

 

Tottenham Hotspur FC: Lloris; Doherty, Sanchez, Romero, Emerson, Reguilón; Winks, Bentancur, Son, Kulusevski; Kane.

Treinador: Antonio Conte

“Sabemos que o Manchester City vai ter posse durante 70 ou 75 minutos, mas temos de mostrar que podemos lutar. Temos de jogar sem medo se quisermos fazer-lhes frente”.

 

PREVISÃO DO RESULTADO: MANCHESTER CITY FC 3-1 TOTTENHAM HOTSPUR FC

Artigo revisto por Joana Mendes

Frequentador de estádios e consumidor de bifanas desde os 5, aprendeu cedo que é melhor a ver do que a jogar futebol. Aos 22, estuda Jornalismo e vai escrevendo sobre os jogos que valem o preço do bilhete e as estórias que só se ouvem no bar, ao intervalo.                                                                                                                                                 O Vasco escreve ao abrigo do novo Acordo Ortográfico.

Frequentador de estádios e consumidor de bifanas desde os 5, aprendeu cedo que é melhor a ver do que a jogar futebol. Aos 22, estuda Jornalismo e vai escrevendo sobre os jogos que valem o preço do bilhete e as estórias que só se ouvem no bar, ao intervalo.                                                                                                                                                 O Vasco escreve ao abrigo do novo Acordo Ortográfico.

[my_elementor_post_nav_output]

FC PORTO vs CD TONDELA