Anterior1 de 3Próximo

Na partida da 14.ª jornada do campeonato alemão, que opôs o líder ao atual detentor do título, após um início de jogo equilibrado, o Bayern de Munique foi assumindo o domínio da partida, jogando um futebol de passe curto sempre com várias opções de passe, pressionando constantemente o seu adversário nas saídas de bola, contrastando com uma maior aposta no contra-ataque, por parte do Borussia Monchengladbach.

Os bávaros, apesar do seu domínio evidente, não foram capazes de concretizar nenhuma ocasião de golo. Lewandowski mostrava-se inconformado com o resultado, mas não conseguiu acertar na baliza, com destaque para um remate colocado aos 14’ que passou muito perto do poste direito da baliza defendida por Yann Sommer.

Logo depois, grande oportunidade aos 16’ após um livre central de Thiago Alcantara, que descobre o avançado polaco atrás da barreira com um excelente passe picado, que dispara ao lado do poste esquerdo da baliza adversária. Sommer fez uma primeira parte sólida, sendo o destaque do Borussia no primeiro tempo, apesar de aos 27’ ter cometido um grande erro que quase colocou o Bayern em vantagem, após ter deixado a bola passar entre as suas pernas a remate de Kimmich, mas ainda conseguiu corrigir e retirar a bola em cima da linha de golo. O Borussia só respondeu à avalanche ofensiva bávara aos 40’, com um remate de Plea que Neuer defendeu com relativa facilidade. O jogo foi para intervalo com um nulo no marcador.

A segunda parte praticamente começou com o Bayer em vantagem, através de um bom remate de Perisic com o pé esquerdo à meia volta, que entrou aos 20’ para o lugar do lesionado Tolisso, após uma assistência de Thomas Muller. Sommer ainda tocou no esférico, mas foi incapaz de impedir o golo. O jogo prosseguiu com o Borussia a procurar o empate, que retirou o médio Lazlo Benes das quatro linhas e colocou o avançado Embolo, que marcou dois golos no jogo anterior, balançando a sua equipa mais para o ataque.

Anúncio Publicitário

O Borussia Monchengladbach obteve o golo do empate aos 60’, após um canto batido por Hofmann para o centro da grande área bávara, onde aparece Bensebaini que, solto de marcação, cabeceia para o fundo das redes. O Borussia jogou como uma equipa renovada após o golo sofrido e, mesmo após o golo do empate, continuou ao ataque com uma atitude de candidato ao título. Foi uma segunda parte muito bem disputada, com vários duelos individuais.

O Borussia destronou o FC Bayern
Fonte: Borussia M’Gladbach

O fim de jogo foi muito intenso, com destaque para uma jogada bem construída pelos líderes do campeonato aos 79’, com Herrmann a deixar para Stindl, que colocou a bola ao segundo poste, mas Embolo não conseguiu desviar para o fundo das redes. O Bayern respondeu aos 81’, com um bom cruzamento rasteiro de Muller do lado direito do ataque dos bávaros, Zakaria antecipou-se a Kimmich, e o médio do Borussia colocou a bola a caminho da própria baliza, mas Sommer respondeu com mais uma grande defesa. Aos 90’, Javi Martínez, que entrou aos 68’, comete um penálti sobre Thuram e foi expulso por acumulação de cartões amarelos, após ter visto o primeiro aos 82’. Na conversão do castigo máximo, Bensebaini não tremeu e atirou colocadíssimo para o lado esquerdo de Manuel Neuer, que adivinhou o lado, mas não foi capaz de impedir a reviravolta no marcador e o bis do lateral argelino.

O líder do campeonato alemão mostrou o seu bom futebol, apesar de ter começado o jogo com o “autocarro” montado na sua defesa, demonstrou uma grande capacidade de resposta após o golo sofrido, num jogo bastante equilibrado, em que o Borussia mostrou maior força emocional que os bávaros.

Esta foi uma grande prova do Borussia Monchengladbach como verdadeiro candidato ao título, conseguindo uma reviravolta sofrida, mas com muito mérito, frente ao colosso Bayern de Munique, campeão em título. O Borussia segue na frente do campeonato alemão com trinta e um pontos, mais um que o Leipzig. O Bayern está no sexto lugar à condição, a sete pontos do líder, e com mais dois pontos que o Bayer Leverkusen, que tem menos um jogo.

ONZES INICIAIS E SUBSTITUIÇÕES

Borussia VfL Monchengladbach: Sommer; Lainer; Ginter; Elvedi; Bensebaini; Zakaria; Benes (Embolo, 58’); Hofmann; Stindl (Raffael, 85’), Thuram; Plea (Herrmann, 64’)

FC Bayern: Neuer; Kimmich; Boateng (Javi Martínez, 68’); Alaba; Davies; Goretzka; Thiago Alcantara; Tolisso (Perisic, 20’); Muller; Coman; Lewandowski

Anterior1 de 3Próximo

Comentários