Com apenas mais dois jogos pela frente, as equipas alemãs começam já a pensar na próxima temporada. Foi um excelente campeonato, com vários nomes a aparecer como promessas e outras promessas a serem confirmadas. Dentro da Bundesliga, há vários atletas que tanto podem ficar nos seus clubes, dar o salto para um maior ou mesmo experimentar outras ligas.

Marco Reus – o alemão viu Götze sair para o Bayern München em 2013 e vê agora Robert Lewandowski seguir o mesmo caminho. Tem tudo para se afirmar como a principal figura do Borussia Dortmund, mas a verdade é que há vários clubes interessados nos seus serviços. Em ano de Mundial, no Brasil, o Manchester United afigura-se como um dos principais destinos do jovem extremo, mas chegam também de Inglaterra outros interessados, como é o caso do Arsenal, que tem como prioridade contratar alguém de qualidade para a frente de ataque, ou até mesmo do Liverpool, perante uma possível saída de Suárez para o Real Madrid no fim da época.

Josip Drmić – este será, com toda a certeza, um dos jogadores de que mais se irá falar no Verão. Jogará na frente de ataque da selecção suíça com Shaqiri no Brasil, mas, também dependendo da sua prestação no torneio, vai ser um dos jogadores mais pretendidos pelos gigantes europeus. O Arsenal já assumiu a vontade de contratar o atacante helvético de apenas 21 anos, mas há mais equipas. Real Madrid, AC Milan, Juventus, Roma, Manchester United, Tottenham e com certeza muitos outros clubes estão interessadas no atleta do FC Nürnberg. Marcou 16 golos em 32 jogos, uma marca fenomenal para um jogador acabado de chegar de Zurique à Bundesliga.

Josip Drmić é, aos 21 anos, uma das maiores promessas do futebol europeu  Fonte: goonertalk.com
Josip Drmić é, aos 21 anos, uma das maiores promessas do futebol europeu
Fonte: goonertalk.com

Shinji Okazaki – o avançado japonês foi a principal figura do Mainz, que surpreendeu a Alemanha lutando pela Europa. Os 14 golos em 33 jogos bateram o record do seu compatriota Kagawa ao serviço do Borussia Dortmund. O jogador pode ainda aproveitar a presença no Mundial ao serviço da selecção nipónica para fazer com que equipas maiores reparem nas suas qualidades, já que, aos 28 anos, esta poderá ser a sua última grande oportunidade de assinar um grande contrato.

Roberto Firmino – começam a faltar palavras para descrever este jogador. Faz magia pura com os pés, mete a bola onde quer e tem um remate excelente. Dotado de uma técnica muito acima da média, Firmino tem agora, aos 22 anos, um bom momento para dar o salto para uma equipa com ambições mais altas do que o TSG 1899 Hoffenheim. Com um valor a rondar os 15 milhões de euros, foi notícia em Inglaterra, dado o possível interesse do Chelsea e do Liverpool no jogador. Mas os britânicos não estão sozinhos – o Schalke 04 é dado também como possível destino do jogador brasileiro, que tem como grande sonho representar a sua selecção. Para isso, terá certamente de mostrar a sua qualidade noutra equipa. Ainda assim, 20 golos em 35 jogos é uma média extraordinária para um médio ofensivo.

Julian Draxler – o alemão há muito que deixou de ser apenas uma promessa para se tornar uma certeza do futebol europeu. Com apenas 20 anos, é já um jogador com uma enorme maturidade e que ocupa todas as posições no ataque. Será com toda a certeza um dos 23 seleccionados alemães e tem agora no Verão mais uns meses para ver o seu nome nos jornais com alegados interesses. O Arsenal é o clube que mais vezes vem à baila, mas a possível reestruturação do ataque do Manchester United pode desviar a rota do jogador dentro da própria Premier League. O Bayern de Munique já descartou o jogador e a ida para o Borussia Dortmund parece ser também impossível, dada a rivalidade entre os dois clubes.

Julian Draxler é a principal figura do Schalke 04 e pode abandonar o clube neste Verão  Fonte: fussballtransfers.com
Julian Draxler é a principal figura do Schalke 04 e pode abandonar o clube neste Verão
Fonte: fussballtransfers.com

Pierre-Michel Lasogga – o alemão de 22 anos é tido como uma possível opção nos 23 seleccionados de Joachim Löw para o Brasil. Apesar de jogar numa equipa que luta arduamente pela permanência na primeira divisão (Hamburger SV), Lasogga está a impressionar o futebol europeu pela sua qualidade. A sua entrega ao jogo é uma das suas características principais, e os dirigentes desportivos das grandes equipas já o têm certamente referenciado. A verdade é que Lasogga está emprestado ao Hamburger SV pelo Hertha Berlin, que irá perder Adrián Ramos para o Borussia Dortmund na próxima época, mas, perante a excelente época do avançado, este poderá nem sequer voltar para a sua equipa, uma vez que pode seguir carreira numa equipa que possa voar mais alto do que a da capital alemã.

Hakan Çalhanoğlu – ainda assim, a grande estrela do Hamburger SV é Çalhanoğlu. O turco, de apenas 20 anos, ocupa a posição de número 10 e, tal como Roberto Firmino, é um goleador. 10 golos em 34 jogos são números excelentes para um jogador que nem sequer é avançado e actua numa equipa que ocupa um lugar de despromoção. O interesse do Chelsea, do Liverpool, do Bayer Leverkusen e do Bayern de Munique são demonstrativos da qualidade do turco.

Comentários