Um dos clubes da moda na Alemanha, na Europa e no mundo, arrancou a temporada a todo o gás, somando quatro vitórias em quatro partidas (uma na Taça da Alemanha e três na Bundesliga). Com Julian Nagelsmann ao leme, o RB Leipzig perfila-se como um forte candidato ao título no campeonato e tem grandes expetativas de apuramento na Liga dos Campeões.

Este projeto deu o pontapé de saída em 2009 e a ascensão tem sido imparável. Em 2016, o clube subiu à Bundesliga e causou imediatamente impacto, mostrando-se um clube com uma gestão desportiva exemplar e de sucesso. Geridos pela Red Bull, o clube faz parte de um leque de outras equipas da empresa: RB Salzburg (Áustria); New York RB (EUA); RB Brasil (Brasil); RB Ghana (Gana). Devido às regras da federação alemão, o Leipzig não pode ter Red Bull associado ao seu nome e, portanto, o clube denomina-se corretamente por RasenBallsport Leipzig.

Após um segundo, sexto e terceiro lugares, o RB Leipzig esta temporada parece apresentar-se mais forte do que nunca. Com um plantel recheado de talentos, liderado por um dos treinadores com mais potencial do mundo, são um forte ameaça a quebrar a hegemonia do FC Bayern Munique. Nagelsmann, contratado há um ano atrás, assumiu funções esta temporada e procura dar o seu cunho pessoal, ou seja, uma equipa muito organizada, mas muito ofensiva e criativa. Estas características já são visíveis desde o primeiro jogo.

O RB Leipzig tem tido um início prometedor de temporada, confirmando as expetativas
Fonte: RB Leizpig

A nível de plantel, quem gosta de jovens talentos e de ver potencial em massa, tem de acompanhar a equipa do RB Leipzig. Bruma foi a única venda significativa (pelos vistos o internacional português pediu para sair e Nagelsmann deu aval para a sua venda), sendo que as contratações seguiram a linha habitual do clube, que também dá cartas no campo do scouting. Chegaram Nkunku, mega reforço que veio do Paris SG, Hannes Wolf, uma das muitas transições do RB Salzburg para o RB Leipzig, e o jovem Luan Cândido, de apenas 18 anos, ex-SE Palmeiras.

Se Luan é uma aposta de futuro, Nkunku e Wolf são reforços tremendos. O francês jogou com imensa regularidade no campeão francês e encantou, sendo um médio ofensivo que sabe jogar apoiado, sabe progredir com bola e sabe fazer golos e assistências. O alemão estava a mais na Liga Austríaca, somando golos e assistências em catadupa, e, com apenas 20 anos, é um dos médios mais cobiçados do mundo (realce-se, que Wolf, está a recuperar de lesão muito grave, que o afastará por muitos meses).

Gulácsi foi fortemente apontado a concorrente de Vlachodimos esta época
Fonte: RB Leipzig

Estes reforços juntam-se a Timo Werner, grande figura da equipa e já com cinco em quatro jogos, Emil Forsberg, Diego Demme, Matheus Cunha, Augustin, SabitzerHalstenberg, Klostermann, Gulácsi (cobiçado pelo SL Benfica para a reforçar a baliza esta época), entre muitos outros.

O RB Leipzig começou com tudo a temporada e, se continuar com esta regularidade, poderá novamente lutar pelo título de campeão alemão. Na Liga dos Campeões, o clube acalenta esperanças de passagem, nesta que vai ser apenas a sua segunda presença na principal competição europeia. Pela frente terá o campeão português SL Benfica, o Olympique Lyonnais e o campeão russo FK Zenit. Uma coisa é certa este RB Leipzig promete dar cartas e antevê-se uma época muito forte da equipa.

Foto de Capa: RB Leipzig

artigo revisto por: Ana Ferreira

Comentários