Anterior1 de 3Próximo

Dia do título. Na Alemanha jogou-se hoje a última partida do campeonato. Antes do apito inicial da 38ª jornada, muitas eram as contas que faziam. Bayern de Munique e Borussia Dortmund lutaram para erguer o troféu no final da tarde.

Os bávaros, primeiro classificado, defrontaram o Eintracht Frankfurt que lutava ainda por um lugar na Liga dos Campeões da próxima época. Já o Dortmund, o segundo na tabela, deslocou-se à casa do Borussia Mochengladbach para vencer e esperar que o rival Bayern não triunfasse.

Na Allianz Arena, o Bayern começou logo a controlar o jogo, mas a pressão alta do Frankfurt não permitiu à equipa de casa sair com facilidade para o ataque. Ao minuto 3, e na primeira vez que conseguiu sair com eficácia, o Bayern fez golo. Coman apareceu sozinho do lado direito da grande área e encostou para dentro das redes adversárias. Três minutos depois, Kevin Trapp evitou o segundo golo da partida. Desta vez, Gnabry não foi capaz de ultrapassar o guarda-redes do Frankfurt. Ao minuto 12, uma vez mais Trapp defendeu um remate de Lewandowski que estava na cara do guarda-redes. Um grande defesa do alemão, mais uma.

Depois do golo e durante cerca de 10 minutos assistimos a um tremendo massacre dos bávaros. O Eintracht tentava contrariar o ímpeto do Bayern, mas sempre com pouco sucesso. Prova disso foi o golo marcado ao minto 26.  Depois de um belo contra-ataque rápido, Gnabry assistido por Lewandowski rematou colocado para dentro da baliza. No entanto, o VAR anulou o golo por fora-de-jogo de Lewandowski no início da jogada. À passagem da meia hora, o homem do momento Kevin Trapp fez mais uma grande defesa com os pés a evitar o segundo golo bávaro na partida.

Durante os últimos 15 minutos de jogo, tivemos um joco muito menos intensidade e com um Bayern a controlar o jogo. A equipa da casa baixou o ritmo da partida e saiu para o balneário com uma mão no título de campeão.

O quarto golo do jogo marcado por Frank Ribéry deu início à festa de campeão do Bayern de Munique
Fonte: FC Bayern Munchen

Para a segunda parte, o Frankfurt entrou com outra vontade. Vontade de marcar o golo do empate e garantir um lugar nas competições europeias. E logo cinco minutos depois do apito, Haller recém-entrado fez o golo do empate. Uma grande confusão na área do Bayern depois de um canto, resultou no golo do empate. Dois minutos depois e contra a corrente do jogo, o Bayern marcou o segundo golo e desbloqueou o empate. David Alaba encostou depois de uma defesa incompleto da Kevin Trapp. O Bayern voltou a controlar a partida e ao minuto 59, Renato Sanches marcou o terceiro numa excelente jogada individual. Ao minuto 68′, Joshua Kimmich desperdiçou uma grande oportunidade para aumentar a vantagem.

Três minutos depois, Ribéry no último jogo com a camisola do Bayern marcou um golaço. Uma verdadeira obra de arte a coroar uma excelente carreira ao serviço dos bávaros. Se Ribéry marcou também Robben tinha de o fazer. Também no último jogo pela equipa de Munique, Robben fez o gosto ao pé e marcou o quinto golo do jogo, ao minuto 78. Uma boa jogada coletiva, bem concluída pelo holandês.

Uma grande vitória do Bayern de Munique que conquistou o sétimo título de campeão consecutivo e o 28° da história. Mais uma época de excelência para os bávaros e concluída da melhor forma.

ONZES E SUBSTITUIÇÕES

 FC Bayern- Ulreich; Sule; Hummels; Alaba; Kimmich; Goretzka (35’ Renato Sanches); Thiago; Gnabry (65’ Robben); Coman (61’ Ribéry); Lewandowski; Muller.

Eintracht Frankfurt- Kevin Trapp; Danny da Costa; Abraham; Hinteregger; Gelson Fernandes; Hasebe; De Guzmán (45’ Haller); Gacinovic; Rebic (64’ Torro); Kostic; Jovic.

Anterior1 de 3Próximo

Comentários