cab bundesliga liga alema

A liga alemã voltou, depois de um interregno para jogos entre selecções, e assistimos a muitos golos, um regresso feliz do melhor marcador da época transacta e às dificuldades – que já se começam a tornar habituais – do Bayern quando defronta o Augsburgo.

A Baviera voltou a ser palco de mais um jogo sofrido e tudo por causa de um clube que tem vindo a causar problemas a Guardiola desde a sua chegada. O Augsburgo adiantou-se por parte de Esswein e a reviravolta viria com alguma polémica. Numa jogada individual fantástica de Lewandowski, o Bayern conseguiu chegar ao empate. Perto do fim o Bayern teve direito a uma grande penalidade, algo duvidosa, ganha por Douglas Costa, que permitiu a Müller marcar mais um golo, dar a vitória ao seu clube e isolar-se na frente dos melhores marcadores.

Thomas Tuchel continua o seu percurso extraordinário. 9 jogos oficiais, 9 vitórias. O Dortmund não teve tarefa fácil e começou mesmo a perder o jogo, através dum golo de Sobiech – jogador que marcou a dobrar nesta partida. O jogo teria um protagonista muito azarado – Felipe. O defesa-central do Hannover 96 fez um golo na própria baliza e causou dois penáltis. Dia horrível para o jogador, que ajudou a criar condições para a vitória do Dortmund. Do lado dos amarelos e negros houve um golo fantástico de Mkhitaryan, Aubameyang a dizer presente com dois golos na luta pelo topo dos goleadores e Hummels em dia não, tendo culpas no cartório nos dois golos da equipa adversária.

aa
Meier, o melhor marcador da época passada, regressou em grande
Fonte: Facebook do Frankfurt

Dia de regressos a abrilhantar o fim-de-semana na Alemanha. O Frankfurt segue em 4º lugar e continua a mostrar uma força ofensiva extraordinária. Seferovic e Castaignos vinham brilhando desde o início do campeonato, mas agora está de volta Alexander Meier, artilheiro-mor da época passada. O regresso do gigante alemão foi fantástico; acertou no fundo das redes por três vezes. O avançado holandês, que começa a mostrar o que prometeu, também foi responsável por dois golos, levando para já quatro golos em quatro jornadas. O Colónia sofre assim a sua primeira derrota neste campeonato e logo com o resultado de 6 a 2. Claudio Pizarro também está de volta ao Bremen e mostrou serviço logo no primeiro jogo. A equipa orientada por Viktor Skrypnyk  venceu fora o Hoffenheim, que continua órfão de Roberto Firmino, e teve em destaque Junozovic e o melhor marcador estrangeiro da Bundesliga, os destaques de uma partida que acabou com o resultado de 1-3.

As equipas que compuseram os lugares cimeiros na época passada têm sofrido alguns calafrios esta época. O Gladbach continua a sua senda penosa pelo campeonato alemão e foi atropelado pelo Hamburgo em casa. A equipa orientada por Favre, melhor treinador da época passada, parece sem ideias e desgastada. O Hamburgo, por seu lado, teve em Lasogga a inspiração necessária e conquista assim a segunda vitória no campeonato; o Leverkusen perdeu em casa com o recém-chegado Darmstadt. Os pupilos de Roger Schmidt nunca conseguiram superar a barreira intransponível que foi Christian Mathenia e acabaram a zeros na partida de estreia de Chicharito. O Darmstadt continua sem perder e é, neste momento, uma das surpresas iniciais; o Wolfsburgo também ficou a zeros e foi perder pontos na casa do Ingolstadt, num jogo onde Draxler foi dos poucos a tentar remar contra a maré.

O FC Schalke 04 conseguiu a sua segunda vitória no campeonato, contra o Mainz, e chegou-se à frente na luta pelos lugares cimeiros. Huntelaar foi o responsável por desbloquear o resultado. O Hertha de Berlim também se colocou nos lugares europeus depois de vencer o Estugarda por 2 a 1.

O tema central da agenda internacional são os refugiados e é de ressalvar o apoio que os clubes alemães deram neste assunto. O Bayern Munique entrou em campo com crianças refugiadas e outros clubes mostraram solidariedade através da oferta de bilhetes para assistirem aos jogos ao vivo. Num fim-de-semana onde voltaram a existir muitos golos, fora de campo marcou-se pontos pelas milhares de pessoas que fogem do seu país devido à guerra.

Jogador da Semana:

Alexander Meier – Depois de uma lesão que o afastou por cinco meses, o possante alemão entrou de rompante nesta nova época ao marcar três golos no seu primeiro jogo. O trio com Seferovic e Castaignos promete aterrorizar as defesas alemãs e elevar o Frankfurt a outros lugares.

Treinador da Semana:

Armin Veh – Depois de uma má experiência no Estugarda, o ex-jogador alemão tem sido a surpresa deste campeonato. O 4º lugar e os 12 golos marcados são a prova de que teremos uma equipa de ataque e sem medos para a época de 2015/2016.

Foto de Capa: Facebook do Bayern

Comentários